quinta-feira, 27 de abril de 2017

PROFESSORA DE ZUMBA QUE ESTAVA DESAPARECIDA, RELATA TER SIDO SEQUESTRADA E AGREDIDA


Foto: Redes Sociais
Um dos fatos mais comentados desta semana, que inclusive ultrapassou os limites do estado, em razão da repercussão nas redes sociais, foi o caso do estranho desaparecimento de uma professora de 'Zumba', de 23 anos. Rhuanna Nurrielly, que saiu de casa na tarde da última quarta-feira (26), de acordo com familiares, para deixar seu filho no colégio.

Quando perceberam que a jovem estava demorando, os seus familiares buscaram colaboração da Polícia Militar, em busca de informações ou indícios do paradeiro de Rhuanna. Ela só foi encontrada por volta das 23 horas, visivelmente atordoada. Ainda de acordo com a família, a moça se encontrava nas proximidades do Sítio Cágados, zona rural de Garanhuns. A professora ao ser resgatada, provavelmente em estado de choque, não conseguiu se expressar. Rhuanna foi então encaminhada ao  Hospital  Dom Moura, onde foi medicada e em seguida permaneceu em observação.

No depoimento que prestou à Polícia Civil, a professora revelou que foi abordada por dois homens que utilizam armas, em torno das 14 horas da quarta feira (26) no centro de Garanhuns, mais precisamente nas imediações das Lojas Americanas.  Ela ainda disse que após ser colocada no veículo, os desconhecidos se dirigiram a saída da cidade. Ainda segundo ela, os homens a agrediram fisicamente com socos na cabeça e logo após a liberaram nas proximidades da Churrascaria da Paz.

Quando perguntada acerca das características dos elementos, Rhuanna disse não ter memorizado, nem tampouco  soube descrever marca, cor ou modelo do veículo utilizado na suposta ação.  Com os poucos elementos fornecidos, no entanto, a polícia já investiga o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário