terça-feira, 25 de abril de 2017

PRESOS ESTÃO INFECTADOS COM SARNA EM PRESÍDIOS DO PIAUÍ


Detentos mostram feridas-foto  José Roberto do Sinpulijusp
Vários detentos da Penitenciária Irmão Guido, em Teresina, e da Penitenciária Regional Luis Gonzaga Rebelo, em Esperantina, estão contaminados por escabiose, doença contagiosa que atinge a pele, popularmente conhecida como sarna. A denúncia partiu do presidente do Sindicato dos agentes penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), José Roberto, que apontou irregularidades na assistência médica e higiene dos estabelecimentos prisionais.
De acordo com José Roberto, os diretores das penitenciárias informaram sobre a contaminação e foi necessário ir averiguar pessoalmente a situação.O sindicato cobra da Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus) uma intervenção urgente para evitar que a doença chegue às casas dos agentes penitenciários. O condicionamento anti-higiênico das celas é apontado como um dos principais facilitadores de contágio entre os detentos.Há  acúmulo de lixo e falta, inclusive, sabão para o banho dos detentos.
A Sejus respondeu em nota que os medicamentos contra escabiose já foram providenciados e que já iniciou o atendimento a detentos das unidades prisionais da Grande Teresina e da Penitenciária de Esperantina. De acordo com a nota, foram disponibilizados 800 comprimidos até o momento e a Secretaria de Saúde (Sesapi) disponibilizará mais 2 mil comprimidos. Acredita-se que o motivo da disseminação da doença seja o período chuvoso, que acaba deixando os ambientes mais úmidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário