domingo, 9 de abril de 2017

NOVA JERUSÁLEM: O MAIOR TEATRO AO AR LIVRE DO MUNDO

O idealizador da Nova Jerusalém, Plínio Pacheco, ao ver realizado seu grande sonho de encenar a Paixão de Cristo dentro das muralhas de uma réplica de Jerusalém em pleno agreste pernambucano, em 1968, dificilmente poderia imaginar que o espetáculo chegaria a sua 50a temporada com sucesso de crítica e de público. O evento, que acontece durante a semana santa, recebe nesse período um público estimado em 80 mil pessoas, vindas de vários lugares do Brasil e de outros países.

O EVENTO

A possibilidade de interagir durante o espetáculo bíblico e vivenciar as cenas da Paixão de Cristo no maior teatro ao ar livre do mundo tem atraído um número cada vez maior de pessoas a Nova Jerusalém. A cidade-teatro, de 100 mil m2, fica no distrito de Fazenda Nova, a 180 km de Recife, em Pernambuco. Assim como a antiga Judéia, o lugar possui terreno rochoso, vegetação rasteira e clima semiárido. A construção foi erguida na proporção de 1/3 da área murada da Jerusalém da época de Jesus, o que faz aumentar a beleza das cenas e a emoção do público. É cercada por uma muralha de pedras de quatro metros de altura e tem 70 torres com sete metros de altura. Dentro desse perímetro, nove palcos/plateias reproduzem cenários naturais, palácios, além do Templo de Jerusalém e do Fórum de Pilatos, constituindo obras monumentais, concebidas por vários arquitetos e cenógrafos nordestinos e por seu fundador, Plínio Pacheco.

PATRIMÔNIO CULTURAL E IMATERIAL

O maior teatro ao ar livre do mundo e a Paixão de Cristo nele encenada já se tornaram Patrimônio Cultural Material e Imaterial de Pernambuco. Erguida com 80% de recursos próprios, a Sociedade Teatral de Fazenda Nova (STFN) é uma sociedade privada, sem fins lucrativos.  Mas, de acordo com Robinson Pacheco, produtor executivo e coordenador geral da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, sempre foi difícil conseguir verba para a manutenção de toda essa estrutura durante o restante do ano, pois isso implica em grandes investimentos. Ele afirma, no entanto, que todos os esforços estão sendo feitos no sentido de melhorar esse quadro.

MOVIMENTO MAIOR NA CIDADE


Durante o evento, a rede hoteleira local atinge sua capacidade máxima de ocupação e os restaurantes multiplicam as refeições servidas. Mas, de acordo com Pacheco, não há problemas de infraestrutura na cidade, já que a maioria das pessoas costuma voltar para seu local de origem após os espetáculos. Os habitantes da região também reagem bem a toda essa movimentação,  pois, em sua maioria, atuam no espetáculo como figurantes ou trabalham direta ou indiretamente na produção. Muitos postos de trabalho são gerados durante os cinco meses necessários para a organização da Paixão de Cristo.

ESPETÁCULO 2017

Muitas novidades e um grande elenco esperam o público que for assistir a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém na temporada 2017, que vem acontecendo desde ontem, dia 08 a até o próximo dia 15 desse mês de abril. Neste ano, o mega espetáculo encenado no maior teatro ao ar livre do mundo está completando 50 anos de apresentações e, para marcar as comemorações do jubileu de ouro, a Sociedade Teatral de Fazendo Nova introduziu novas cenas grandiosas, renovou figurinos e apresentará um elenco de artistas convidados com nomes de destaque no cenário nacional: Rômulo Arantes Neto (Jesus), Letícia Birkheuer (Maria), Joaquim Lopes (Pilatos), Aline Riscado (Herodíades), Adriana Birolli (Madalena), Raphael Vianna (Herodes) e Jesus Luz (Apóstolo João).

Nenhum comentário:

Postar um comentário