terça-feira, 25 de abril de 2017

JUSTIÇA DO RIO QUER LEILOAR BENS DE R$ 1 BILHÃO DE EIKE E CABRAL

© REUTERS / RICARDO MORAES
A Justiça Federal do Rio de Janeiro poderá leiloar bens de luxo como mansões, iates, joias e carros de presos da Lava Jato caso os réus da Operação Lava Jato no Estado sejam condenados. 
A 7ª Vara Federal iniciou, a pedido do juiz Marcelo Bretas, o levantamento e análise de todos os bens apreendidos até agora na investigação. 

Em caso de leilão, o montante seria devolvido aos cofres públicos. De acordo com a coluna Gente Boa, do jornal O Globo, o valor total do itens pode chegar a R$ 1 bilhão. O empresário Eike Batista, o ex-governador Sérgio Cabral e a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo seriam alguns dos alvos da ação, assim como os empresário sFernando Cavendish e Miguel Skin e ex-secretário de Saúde do Rio, Sérgio Côrtes.

No caso de Cabral, a cotação está sendo feita sobre as joias adquiridas supostamente com dinheiro da propina, obras de arte e um iate comprado por R$ 5 milhões em 2007. A casa do ex-governador, em um condomínio em Mangaratiba, no Sul Fluminense, também está entre os bens que podem ser leiloados.


Já Eike pode perder uma Ferrari e uma Lamborghini. A defesa de Sérgio Cabral e de Carlos Miranda afirma que irão se pronunciar apenas no processo. Os advogados de Eike Batista não foram encontrados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário