quarta-feira, 10 de agosto de 2016

GOVERNADOR PROMETE AGILIDADE NO CASO DE ESTUPRO DE MÉDICA ESTRANGEIRA EM CAPOEIRAS

A Prefeita de Capoeiras Neide Reino (PSB) foi recebida nesta quarta feira (10) pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara. Na agenda, foram discutidas algumas medidas que devem ser utilizadas pelos órgãos de segurança do Governo do estado para elucidação do caso de violência sexual contra uma médica cubana que atuava no município, por meio do programa Mais Médicos. O chefe do Executivo estadual assegurou que o Estado não medirá esforços para identificar e punir, com a maior brevidade possível, os responsáveis pelo crime. O secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, foi convocado por Paulo para apresentar à gestora municipal a linha de investigação que está sendo adotada pela Polícia Civil no caso.

"Vamos trabalhar incansavelmente para que os responsáveis por esse crime bárbaro sejam punidos. A inteligência da Polícia Civil está atuando no caso, e já temos uma linha de investigação para identificar esses criminosos. A prefeita Neide Reino nos procurou com a preocupação de quem quer garantir que a justiça seja realizada, para a garantia da tranquilidade do município de Capoeiras. E o Estado fará o que for necessário", destacou Paulo.

Após o encontro, a prefeita Neide Reino revelou que levará para a sua cidade a certeza de que o Governo de Pernambuco está empenhado e focado na solução desse episódio. "O governador Paulo Câmara foi muito firme e está determinado em nos ajudar a elucidar esse caso. Vim aqui para fazer um apelo e saio muito convicta de que, em pouco tempo, veremos os responsáveis pagando por esse crime tão bárbaro", afirmou a gestora, destacando: " E o governador também assegurou que já está reforçando a segurança em Capoeiras e na região".

O CRIME

O estupro ocorreu na última segunda-feira, 01 de agosto, dentro de um PSF na cidade de Capoeiras, município próximo a Garanhuns. Um homem armado com uma faca invadiu a unidade de saúde para praticar um assalto. Ele roubou o celular de uma médica cubana e ainda a estuprou. O posto de saúde fica localizado na Rua São José, centro de Capoeiras.

terça-feira, 9 de agosto de 2016

VICE PREFEITO DE SALOÁ MORRE EM ACIDENTE

O atual Vice prefeito do Municipio de saloá, no Agreste Pernambucano, José Antonio, filho do Ex Prefeito Zé do Leite, faleceu na tarde dessa terça feira (09), vítima de acidente de moto.

As noticias iniciais vindas de Saloá, relatam que o ex prefeito, que também era candidato à reeleição na Chapa do Prefeito Ricardo Alves (PMDB), trafegava por uma estrada vicinal na zona rural de Saloá, quando proximo a sua residencia perdeu o controle do veículo, vindo a colidir e após sofrer lesão do pescoço, faleceu no local.

O corpo  está sendo encaminhado para o IML em caruaru onde deve passar por perícia para sepultamento.

O municipio de Saloá está em estado de comoção em virtude dessa trágico acontecimento e pelas boas relações do político com a sociedade. José Antonio era casado e deixa dois filhos menores.

O prefeito do Município Ricaro Alves (PMDB) ainda não se pronunciou sobre o episódio.  

terça-feira, 31 de maio de 2016

OUÇA ENTREVISTA DO PREFEITO DE CORRENTES NO FALANDO COM O AGRESTE

O Prefeito do Municipio de Correntes, no Agreste pernambucano concedeu uma entrevista no programa Falando com O Agreste, veiculado nessa terça feira (31) pela Rádio Marano FM de Garanhuns,

Na oportunidade, o prefeito detalhou algumas ações realizadas por sua gestão naquele municipio e também deixou claro que seu acordo com o Deputado estadual Romário Dias não "amarrou" nenhuma obrigatoriedade em apontar o Vice Prefeito na sua chapa à reeleição.

É que na Cidade de Correntes, os meios políticos apontam que um dos pontos altos do acordo do parlamentar com o prefeito seria exatamente a composição da Chapa incluindo o empresário Roosevelt Amaral - Roosinho -, como Vice prefeito.

Clique no Player abaixo e ouça, na íntegra, a entrevista do Prefeito:


PREFEITO DE CORRENTES É O ENTREVISTADO DE HOJE NO PROGRAMA FALANDO COM O AGRESTE

O prefeito Edmilson da Bahia pertence ao PSB e foi eleito em 2012 para governar o município das Correntes, no Agreste de Pernambuco, no período de 2013 à 2016.

Edmilson teve uma votação de 4.621 votos, apenas um voto a mais que seu oponente à época, o ex prefeito Nivaldo Lúcio de Oliveira Júnior que pertencia ao PR e era candidato à reeleição, obtendo 4.620 votos. O prefeito Edmilson da Bahia é atualmente pré candidato à reeleição é será o entrevistado de hoje ao meio dia no programa falando com o agreste, pela Rádio Marano FM de Garanhuns, em 102,3 Mhz e pela internet em radiomaranofm.com.br ou através do aplicativo Tunein. 

quinta-feira, 19 de maio de 2016

GARANHUNS RECEBE HOJE A NOITE, CÂMARA MUNICIPAL REFORMADA


Hoje, a partir das 19 horas, Garanhuns vai estar recebendo de volta a sua Câmara de Vereadores. É que o prédio que abriga a Casa Legislativa Raimundo de Moraes passou por um período de reformas estruturais.
Na oportunidade, o Promotor de Justiça, Dr. Stanley Araújo Correia, estará sendo agraciado com o título de Cidadão Honorário de Garanhuns.






quarta-feira, 18 de maio de 2016

MORTE DE EX PREFEITO NO AGRESTE DE PERNAMBUCO CAUSA COMOÇÃO POPULAR

A confirmação da morte de Adalberto Teixeira Filho - Betinho -, de 58 anos,  ex prefeito de Jupi em duas oportunidades  chocou e parou aquele pacato município do Agreste Pernambucano, na noite dessa quarta feira (18).

As primeiras notícias a circularem nas redes sociais falavam sobre um suposto acidente ocorrido no início da noite, mas com o passar das horas, confirmou-se que a morte ocorreu na verdade na residência da vítima e passaram a apontar para indícios de suicídio.

Nas ruas de Jupi, a população não comenta sobre outro fato, em virtude da fatídica ocorrência e também pela grande popularidade do ex gestor, que era Delegado de Polícia aposentado.

As notícias, ainda desencontradas, não evidenciaram a causa do gesto. 
Segundo informações de populares, Betinho teria chegado em casa e efetuado um disparo de arma de fogo na cabeça.


EXTRA OFICIAL: NOTICIAS DÃO CONTAS DE QUE EX PREFEITO DE JUPI COMETEU SUICIDIO

Noticias circulando agora nas redes sociais, informar o suicício cometido há poucos minutos no municipio de Jupi.

De acordo com as fontes preliminares, a vítima é o Ex Prefeito daquele municipio, o Sr. Adalberto Teixeira Filho, o Betinho. O ato, de acordo com essas informações, foi cometido no interior da sua residência e as causas devem ser apuradas.

Mais informações em instantes

terça-feira, 17 de maio de 2016

PSB ESCOLHE CANDIDATO QUE VAI ENFRENTAR PREFEITO GENALDI EM SÃO JOÃO

Foto: Divulgação
Em uma reunião ocorrida nessa terça feira (17) entre o Deputado Estadual Marcantonio Dourado (PSB) e alguns membros da Casa Civil do Governo Paulo Câmara (PSB), ficou definido o apoio oficial do Palácio do Campo das Princesas a Pedro Antônio Vilela Barbosa (PMDB), como o pré candidato que vai liderar a chapa majoritária na disputa contra o atual gestor, Prefeito Genaldi Zumba (PSD).

Pedro Barbosa, que é  ex prefeito de São João, será portanto o representante da chamada “Frente Popular” e  tentará emplacar um novo mandato em um município que hoje tem um prefeito governando ‘sub júdice’ e uma população ainda assustada em razão dos altos índices de violência. O ano de 2015, por exemplo, foi marcado por dois homicídios que vitimaram em um curto espaço de tempo, dois parlamentares em pleno exercício do mandato: os Vereadores Jamerson Guilherme (PMDB) e Reginaldo Falcão da Silva – Galo – (PRTB), foram assassinados dentro do município em um intervalo de pouco mais de 05 meses.

O pre candidato Pedro Barbosa, por sua vez, foi condenado recentemente pela Justiça Federal por supostamente fazer parte de um esquema de desvio de R$ 2 milhões do Ministério do Turismo (MTur) em 2008. De acordo com a assessoria do Ministério Público Federal (MPF), os recursos foram recebidos por meio de convênio entre o MTur e a Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur). O ex-parlamentar teria desviado R$ 187 mil, conforme informou o MPF.

A assessoria do ex prefeito, no entanto, revelou que cabe recurso e esse processo não deve interferir na sua candidatura.

Sobre essa pauta, o Deputado Marcantonio Dourado estará concedendo uma entrevista ao meio dia dessa quarta feira (18) ao programa ‘Falando com o Agreste’, pela Rádio Marano FM de Garanhuns (www.radiomaranofm.com.br) .

sexta-feira, 6 de maio de 2016

ADVOGADO RENATO CURVELO INTEGRARÁ COMISSÃO ESTADUAL DE DIREITO ELEITORAL DA OAB PERNAMBUCO

Mais uma excelente notícia para os profissionais da Advocacia no interior de pernambuco. É que por determinação do Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Pernambuco, Ronnie Press Duarte, foi nomeado o Advogado Bomconselhense Dr. Renato Curvelo para integrar a sua Comissão Estadual de Direito Eleitoral. 
O citado operador do Direito contribuirá com o seu vasto conhecimento jurídico acerca da matéria. Dr Renato Curvelo, especialista na área, já é referência em Direito Eleitoral como Advogado, palestrante, autor de artigos, colaborador da impressa digital, escrita e radiofônica, e cada vez mais vem se destacando no cenário jurídico estadual e nacional, elevando e fazendo tornar-se conhecido por onde passa. 



O referido advogado ainda faz parte da Equipe da Plenarium Consultoria Política, sediada em Garanhuns, a qual deve participar ativamente das ações de comunicação e condução de Campanhas Políticas já a partir das eleições vindouras Desejamos votos de aplauso e de muito sucesso ao nobre Advogado que inclusive é nosso parceiro e colaborador no programa falando com o Agreste e na Plenarium Consultoria.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

GARANHUNS E PERNAMBUCO SE FIZERAM PRESENTES NO CONGRESSO BRASILEIRO DE MARKETING POLÍTICO

Cerca de 400 congressistas de praticamente todos os estados do país,  se reuniram no último final de semana na Universidade Mackenzie, São Paulo, para prestigiarem um evento que acontece a cada dois anos: o Congresso Brasileiro de Marketing Político e Estratégias Eleitorais
A iniciativa foi da Associação Brasileira de Consultores Políticos – ABCOP – através da empresa Manhanelli Associados. 


Nomes de peso da consultoria política no país, dentre eles o decano do marketing eleitoral no país, Ney Lima Figueiredo, um dos pioneiros do Marketing Político no País e foi assessor ds FIESP e da FEBRABAN, trabalhou com muitos dos mais influentes empresários do país e foi quem esteve por trás da iniciativa de comunicação de maior êxito do governo de Fernando Henrique Cardoso, o livro "A era FHC - um balanço".  
Durante o evento, no lançamento do livro do Ney Lima Figueredo.
Consultor Chico Santa Rita, referência na
consultoria política no País.















O publicitário e jornalista Chico Santa Rita, um dos maiores especialistas em campanha eleitoral no Brasil, foi o responsável por coordenar, entre outras campanhas, a do ex Presidente Fernando Collor de Mello e encerrou a série de palestras do encontro.

Com Mestre Carlos Manhanelli



Roberval Souza (Diretor ABCOP-PE), Aurízio Freitas (Diretor /CE)
Marcelo Jorge (PE) e Ederbal Miranda (Diretor/BA)
O mestre Carlos Manhanelli, que já participou de 238 campanhas políticas e atualmente foi reeleito para a presidência da Associação Brasileira dos Consultores Políticos, além de ser autor de 11 livros sobre marketing e estratégias eleitorais; 
O brilhante Luiz Henrique Romagnoli,
o homem do Rádio e da voz.

Ainda como palestrante, o evento contou com a presença do comunicador Luiz Henrique Romagnoli, um dos mais experientes homens de rádio do país, que desenvolve a comunicação neste veículo para políticos e candidatos a cargos eletivos. 
Em sua carreira, foi  a voz do Cerimonial de posse do ex presidente Lula e depois escolhido para desenvolver e dirigir para a Radiobrás e para a Secom da Presidência da República, o programa de rádio “Café com o Presidente”, com o presidente Lula, da sua criação, até 2005. “Roma”, como é carinhosamente chamado pelos colegas consultores, participou de praticamente todas as ações de comunicação do Governo Federal, envolvendo a produção de áudios institucionais.

No Congresso, ainda, foi proferida uma concorrida palestra pelo escritor Tadeu Comerlatto, autor de vasta literatura sobre o tema. E claro, não poderia faltar um especialista em Mídias Digitais para campanhas eleitorais. Quem deu conta do recado foi o brilhante Antonio Guarizo. O evento contou ainda com a participação de diretores do IBOPE e representantes do TRE de São Paulo.

O Consultor Político, Publicitário e radiojornalista Marcelo Jorge, esteve representando nesse evento a sua empresa Plenarium Consultoria, pioneira em Comunicação e Marketing Político no Agreste Meridional de Pernambuco 

PLENARIUM
A PLENARIUM CONSULTORIA POLÍTICA nasceu com o objetivo de oferecer ao candidato e aos Governos, o acesso às técnicas de comunicação que são ferramentas do Marketing Político e do Marketing Eleitoral: 
Toda a infraestrutura necessária para a produção de programas Eleitorais de Rádio e TV: jornalista/Redator, vozes profissionais para a comunicação nos “Guias”, vinhetas, spots e Jingles; Psicólogo; Estúdio fotográfico profissional; Criação de todas as peças para os impressos de campanha; Web Designer para desenvolvimento de marcas do candidato, Profissional de Mídia para  veiculação de conteúdo programático e peças de interesse dos partidos/Coligações nas Redes Sociais;  Instituto de Pesquisas com conhecimento regional e trabalhos bem sucedidos realizados para candidatos em outros pleitos; Palestrantes motivacionais e Departamento Jurídico especializado em Direito Eleitoral, reconhecido em todo o Nordeste. 

Contatos:
Av. Djalma Dutra, 550 | Heliópolis | Garanhuns | PE
(87) 9 9636.6070/  3761.1500
www.plenariumconsultoria.com
atendimento@plenariumconsultoria.com
facebook/plenariumconsultoria
Instagram: plenariumconsult

domingo, 24 de abril de 2016

MARQUINHOS MARAIAL: A MÚSICA DEU VEZ AO LOUVOR

O compositor, conhecido por sucessos de bandas de forró, terá três músicas no próximo DVD de Bell Marques (MARAIAL/DIVULGACAO)
O compositor, conhecido por sucessos de bandas de forró, terá três músicas
no próximo DVD de Bell Marques
Aos 50 anos, o cantor, compositor, produtor musical e arranjador pernambucano Marquinhos Maraial diz ter mais de mil músicas gravadas. No currículo, composições interpretadas nas vozes de artistas dos mais distintos segmentos musicais, como os sertanejos Luan Santana, Gusttavo Lima, Leonardo e Bruno & Marrone, a diva do axé Ivete Sangalo, os forrozeiros Magníficos, Flávio José, Jorge de Altinho e Geraldinho Lins, além de Calypso e Araketu. A lista inclui hits do axé ao gospel: Te amo demais, Carta branca, Isso é Calypso, É chamego ou xaveco?, Química do amor, Zuar e beber, Ainda é tempo.

Marquinhos produziu bandas de forró eletrônico na década de 1990. E manteve parceria de mais de 15 anos com a banda Calypso, hoje dissolvida. São dele canções de sucesso do grupo, ao lado de parceiros como Edu Luppa e Beto Caju. “As bandas que ajudaram a me projetar foram Magníficos, Limão com Mel, Calcinha Preta, Brucelose, Aviões do Forró, Brasas do Forró e tantas outras”, relembra o artista nascido em Belém de Maria, município da Zona da Mata.
Cantando, Marquinhos fez dupla com Luppa e passou por palcos de cidades nordestinas, como o duo Edu & Maraial. Há cinco anos, resolveu largar os palcos para ficar apenas nos bastidores. Em 2014, Marquinhos iniciou carreira gospel e lançou o DVD Esperou por mim, gravado na Praia do Paiva, e, em 2015, o CD Porção dobrada, ambos pela gravadora Novo Tempo. “Minha função no estúdio é produzir, dirigir e fazer um arranjo. Trabalho usando meu dom para sustentar minha família. Só canto para Deus agora”, ele afirma. Hoje, o artista presta serviço para o estúdio Somax, na Rua Imperial, no Bairro do Recife.

A trajetória de Marcos Antônio Ferreira Soares é inusitada. Ele chegou a ser prefeito de Belém de Maria (2008 a 2012), mas largou a política e nem quer ouvir falar do assunto. Com 26 anos de carreira, conta que teve um “encontro com Deus” e isso o incentivou a mudar de vida. Desde então, ele faz parte da Igreja Adventista. “Minha vida é do estúdio para casa e de casa para a igreja”, afirma o compositor, casado há 25 anos e pai de cinco filhos: Marília, 21, Vitória, 17, Laila, 12, Marcos Vinicius, 9, e Ana, 6 anos.

Recentemente, Marquinhos produziu o disco da banda X-Calypso, criada por Ximbinha após a dissolução da dupla com a ex-companheira Joelma. E assina a música de trabalho do grupo, Saudade. Ele está em processo de finalização do novo trabalho da banda Forró do Muído. É autor, ainda, das canções de trabalho da banda Oito7nove4 (Se você fosse um peixinho e Se você me procurar). Além disso, terá três canções inéditas no novo DVD de Bell Marques, gravado no réveillon.

Preocupado com a categoria, Marquinhos faz um apelo aos colegas compositores. “Diante da bagunça que vivemos neste país, de muitas letras banalizadas, peço que coloquem a mão na consciência. Somos todos competentes e sabemos fazer músicas com letras de incentivo. Precisamos ouvir mais sobre o amor. Chega de tanta metralhadora”.

Entrevista Marquinho Maraial

“E chega de tanta metralhadora”

Como iniciou a carreira como produtor e compositor?
Em 1997, quando fervia o movimento manguebeat, entrei na banda Coração Tribal. A gente fazia world music, uma mistura de maracatu com pop inglês e reaggae africano. Chegamos a fazer turnê na Europa, gravamos CD produzido por Sérgio Mendes, em Los Angeles. A banda era formada por Jujuba (produtor), Gustavo (guitarrista), Carlos Borges (teclado), Cidi (bateria), Gabriel (contrabaixo), Alex Rocha (vocal) e eu, no sax e na percussão. O forró eletrônico também estava em ascensão. A necessidade me fez escrever. A primeira música de sucesso foi Te amo demais, com a banda Brucelose. Depois dessa, Deus abriu as portas e vieram outras centenas.

O trabalho dá retorno?
Sim, dá para viver bem diante de uma realidade difícil do nosso país. Já tive outros sonhos, mas minha felicidade maior eu encontrei, que é servir a Deus. Trabalho usando meu dom para sustentar minha família. Só canto para Deus agora.

Por que deixou os palcos?
Tive um encontro inusitado. Foi fantástico. Estava no melhor momento da minha carreira, a banda estava estourada. Mas tive um encontro espiritual no palco, na cidade de Eunápolis, na festa Pedrão de Eunápolis, no interior da Bahia, em 2010. Foi quando entendi minha real essência. Me descobri. Entendi de onde eu vim, o que estava fazendo e para onde vou. Foi definitivo para tomar minha decisão e deixar a banda. Hoje sou um cara super feliz. Me encontrei.

Como compositor para bandas de forró, brega e sertanejo, como chegou até o axé?
A gente faz uma música universal, pega o tema do amor e explora as historinhas. Uma música romântica boa tem um jeitinho que se encaixa em qualquer estilo. A música Amanhecer, por exemplo, fiz para minha mulher e gravei em ritmo de forró na dupla Edu e Maraial. A Musa acabou de gravar no DVD Amor de fã. Jamais iria imaginar que essa música ia ficar bem em ritmo de brega. E ela se enquadra bem.

Como surgiu a aproximação com Bell Marques e a banda Oito7nove4?
As músicas que eles gravaram são antigas. Estavam na gaveta há seis ou sete anos. Uns amigos compositores mostraram Se você fosse um peixinho, e eles ligaram para mim. Fiquei até surpreso. Aí, depois, Bell me ligou e criamos uma amizade. No último show que ele fez aqui, me convidou para ficar no camarim e tudo.

Com mais de mil músicas gravadas e sucesso nas rádios, qual o momento mais marcante da carreira?
Foi com a música Xonou, xonou, da banda Calypso. Na época, Edu recebeu o prêmio Trofeu Imprensa como música mais tocada do ano das mãos de Sílvio Santos, em 2010. Eu tinha acabado de sair da banda e não fui receber o prêmio. Já não queria mais aparecer na televisão. Outro momento foi quando concorremos ao Grammy Latino com Isso é Calypso (faixa do disco Volume 8, de 2005), da banda Calypso.

Como analisa o mercado de composições?
Hoje o mercado está mais dinâmico por conta da tecnologia. Os compositores estão compactando as músicas. Tem muita coisa ruim, mas também boas, com conteúdo, história que falam ao coração. O sucesso não tem fórmula. A única coisa de que é preciso para ter sucesso é determinação. Focar no que você quer. Além disso, precisa ter uma empresa forte por trás. Não basta cantar bem e ter música de qualidade, ainda falta a empresa para gerenciar isso aí. O mercado mudou muito ao longo dos anos. Antes, as músicas tinham maior critério na seleção. Existia uma preocupação em relação as letras. Nomes como Michael Sullivan, Peninha, Carlos Randall, são compositores para quem eu tiro o chapéu. Hoje a coisa está banalizada. Para fazer sucesso só precisa fazer um tchu tchu tchu e ter dinheiro para divulgar. Somos todos competentes e sabemos fazer músicas com letras de incentivo. Precisamos ouvir mais o amor. Chega de tanta metralhadora

Parou de compor música sobre farra, mulher, cachaça?
Eu bebia muito e a boca fala do que o coração está cheio. Fazia música de todo tipo. Hoje, não bebo, não fumo e não faço mais música com esses temas. Não vou contribuir com isso. É forma de incentivar as pessoas. Há cinco anos parei.

Como levar vida religiosa e compor músicas de forró, brega, axé e sertanejo?
Essa é uma pergunta boa, mas nem todo mundo entende. Se um advogado virar cristão, ele vai continuar advogando, mas não vai poder fugir da ética e dos princípios. Um policial vai ter que exercer a profissão dentro da linha. Um músico que conhece Cristo vai ter que exercer a função dentro dos princípios e da conduta cristã. Tudo precisa de equilíbrio. Não se pode virar fanático.


Entrevista concedida ao Diário de Pernambuco

quinta-feira, 21 de abril de 2016

MORO APARECE NA LISTA DAS CEM PESSOAS MAIS INFLUENTES ELABORADA PELA REVISTA TIME


O Juiz Sérgio Moro, responsável pela condução da Operação "Lava Jato", foi escolhido pelo trabalho de combate ao esquema de corrupção na Petrobras, alvo da ação, que, segundo a revista, é tão grande que pode derrubar a presidente Dilma Rousseff.

terça-feira, 19 de abril de 2016

Assessor pessoal de jornalista morto planejou crime, diz delegado em PE

A morte do jornalista Marcolino Junior foi planejada pelo assessor pessoal da vítima, informou nesta terça-feira (19) o delegado Marcio Cruz, em Caruaru, Pernambuco. O corpo do colunista social foi encontrado em um distrito de Sairé, na tarde de segunda-feira (18), dois dias após o desaparecimento do jornalista.

O assessor e outro homem foram presos ainda na segunda-feira. De acordo com a Polícia Civil, o funcionário do colunista social já teve um relacionamento com Marcolino e alegou que "recebia pouco pelo trabalho que fazia" - mas não confessou o crime.
Segundo o delegado Marcio Cruz, o outro suspeito teria sido preso ao tentar vender o carro e disse à polícia que receberia R$ 1 mil do assessor de Marcolino para se desfazer do veículo. Ele confessou a participação no crime. Os dois presos devem ser indiciados por ocultação de cadáver e latrocínio e já foram encaminhados para a penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru.

A polícia trabalha com a hipótese de mais suspeitos de envolvimento na morte. O delegado de homicídios Bruno Vital informou que a investigação segue em sigilo.
O corpo de Marcolino Junior, encontrado com marcas de ferimentos de arma branca e um saco plástico no rosto, foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) no Recife.
A Polícia Civil ainda investiga qual dos suspeitos foi o executor do crime. De acordo com o perito criminal Bruno Santos, do Instituto de Criminalística (IC), o carro de Marcolino Junior será periciado ainda nesta terça-feira para ver se será encontrado algum material genético dos suspeitos.

ENTENDA O CASO
O corpo do jornalista Marcolino Junior foi encontrado na tarde de segunda-feira (18), na zona rural de Sairé, no Agreste de Pernambuco, segundo a Secretaria de Defesa Social. O colunista social de Caruaru estava desaparecido desde a tarde do sábado (16), segundo a família.

O corpo do jornalista foi encontrado no Distrito de Insurreição, segundo o Instituto de Criminalística (IC). O automóvel do jornalista foi levado para a sede da 1ª Delegacia de Caruaru.

ENCONTRADO EM SAIRÉ CORPO QUE SERIA DE JORNALISTA DESAPARECIDO, DIZ POLÍCIA

O corpo do jornalista Marcolino Junior foi encontrado na tarde de ontem, segunda-feira (18), na zona rural de Sairé, no Agreste de Pernambuco - segundo informou o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Galindo. O colunista social de Caruaru estava desaparecido desde a tarde do sábado (16), segundo a família.
O corpo do jornalista foi encontrado no Distrito de Insurreição, segundo o Instituto de Criminalística (IC). Uma equipe de perícia chegou ao local por volta das 16h.
Ainda de acordo com a Polícia Militar, um homem foi flagrado tentando vender o veículo de Marcolino Junior em uma área comercial de Caruaru O automóvel do jornalista foi levado para a sede da 1ª Delegacia de Caruaru. Segundo a polícia, o homem suspeito de envolvimento no caso foi levado para prestar esclarecimentos na Delegacia Regional do município.

CÂMERAS DE SEGURANÇA

Imagens gravadas pelos circuitos de vigilância de um mercado e de uma pousada de Caruaru registraram momentos nos quais o jornalista e colunista social Marcolino Junior, de 46 anos, foi visto antes de desaparecer, às 14h do sábado (16). As imagens foram divulgadas no ABTV 1ª edição desta segunda-feira (18).
No mercado é possível ver o jornalista fazendo compras com a mãe. Amigos informaram que, em seguida, ele foi para casa, almoçou e saiu. O colunista social também foi visto entrando em uma pousada para visitar um amigo.

A delegada Sara Gouveia está à frente das investigações do caso. Ao G1, ela informou que "está ouvindo algumas pessoas e fazendo diligências" e, por isso, não poderia passar mais detalhes.

quinta-feira, 14 de abril de 2016

BANQUEIRO DELATOR NA LAVA JATO PEDE PERDÃO À SOCIEDADE BRASILEIRA

Saulin Taufic Schahin , durante depiimento a CPI da Petrobrás em 2015
O empresário Salim Schahin, dono do grupo Schahin e réu em processo da Operação Lava Jato, prestou um depoimento nesta quarta-feira (13) em que se disse "extremamente amargurado" com o caso e pediu "perdão à sociedade brasileira" por ter cometido um crime. Schahin se tornou delator no ano passado e virou peça-chave em um braço da Lava Jato que investiga um empréstimo de R$ 12 milhões do banco Schahin concedido ao pecuarista José Carlos Bumlai em 2004. O dinheiro, diz ele, foi destinado ao PT e, em troca, o grupo Schahin ganhou a operação de um navio-sonda da Petrobras.
Em audiência com o juiz Sergio Moro, Salim Schahin pediu um espaço ao final para um "desabafo". Disse que sua vida empresarial acabou devido à Lava Jato e que está "muito constrangido". Também afirmou que o acordo de colaboração com o Ministério Público Federal o "alivia um pouco". 
"Quero pedir perdão ao meu pai por fazer com que a nossa família sofra o que estamos sofrendo hoje. Nosso nome está sendo enxovalhado pela imprensa."
PERGUNTA SOBRE LULA
No depoimento, Schahin disse que resistiu em conceder o empréstimo porque Bumlai afirmou que o dinheiro seria destinado ao PT.  Como o dinheiro não era devolvido, ele procurava Delúbio Soares, à época tesoureiro do partido. Delúbio, contou o delator, disse que Marcos Valério de Souza, pivô do escândalo do mensalão, ajudaria na quitação.No depoimento, Moro perguntou sobre uma declaração dada anteriormente por Schahin de que o negócio com a Petrobras estava "abençoado" pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O empresário disse que ouviu falar que Lula estava "a par" do acordo.
Em março, o Supremo Tribunal Federal tirou do juiz federal a responsabilidade de investigações envolvendo o ex-presidente Lula devido ao envolvimento de autoridades com foro. Além da ação penal relacionada a Bumlai, o empréstimo do banco Schahin também foi alvo de outra fase da Lava Jato, que investiga o empresário Ronan Maria Pinto, preso na 27a fase da operação.
EX-GERENTE
Outro depoimento do dia, na mesma ação penal, foi do ex-gerente da Petrobras Eduardo Musa, que também firmou acordo de delação. Musa disse que o recebimento de propina era "comum" na estatal e que sabia que outros também recebiam na empresa. O ex-gerente também afirmou que o ex-diretor Nestor Cerveró contou que a contratação da Schahin pela Petrobras era uma "ordem de cima". Questionado, disse que "imagina" que era uma referência à "presidência da Petrobras".  

terça-feira, 12 de abril de 2016

JUIZ MORO DIZ QUE REPASSE DE 6 MILHÕES DE REAIS PODE EXPLICAR MORTE DE CELSO DANIEL

O juiz Sérgio Moro
Juiz Sérgio Moro investiga relação de crime com corrupção.
No despacho emitido sobre a 27ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada no início desse mês de Abril, o juiz Sérgio Moro diz que é possível que a morte do ex-prefeito de Santo André (SP), Celso Daniel, em 2002, tenha relação com o esquema de corrupção e extorsão na Prefeitura da cidade.
O empresário e dono do jornal Diário do Grande ABC, Ronan Maria Pinto foi preso na 27ª fase da Lava Lato por ter recebido R$ 6 milhões em troca de silêncio - o caso está sendo investigado pela Operação Lava Jato.

Segundo consta na decisão de Moro, o pecuarista José Carlos Bumlai afirmou, em delação premiada, que Pinto teria chantageado o PT e pedido os 6 milhões de reais para não contar o que sabia sobre esquema de corrupção local e a relação com o assassinato do ex-prefeito.

Ronan foi condenado por crimes de extorsão e corrupção ativa por envolvimento em esquema de cobrança de propina de empresas de transportes contratadas pela prefeitura de Santo André, entre 1999 e 2001.
“É ainda possível que este esquema criminoso tenha alguma relação com o homicídio, em janeiro de 2002, do então Prefeito de Santo André, Celso Daniel, o que é ainda mais grave”, diz o juiz federal no despacho.

“Se confirmado o depoimento de Marcos Valério, de que os valores lhe foram destinados em extorsão de dirigentes do Partido dos Trabalhadores, a conduta é ainda mais grave, pois, além da ousadia na extorsão de na época autoridades da elevada Administração Pública, o fato contribuiu para a obstrução da Justiça e completa apuração dos crimes havidos no âmbito da Prefeitura de Santo André”, completou Moro na decisão de hoje.

O juiz ainda afirma que Valério declarou que membros da cúpula petista foram vítimas de extorsão por parte de Ronan. “Citou expressamente como envolvidos Sílvio José Pereira, José Dirceu de Oliveira e Silva, Gilberto Carvalho, Luiz Inácio Lula da Silva e Breno Altmann”, diz.

domingo, 10 de abril de 2016

TRIBUNAL DE CONTAS ACOLHE DEFESA DO ESCRITÓRIO JURÍDICO RENATO CURVELO E APROVA AS CONTAS DA CÂMARA MUNICIPAL DE BREJÃO


O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco em julgamento de sessão ordinária, APROVOU as contas da Câmara Municipal de Brejão relativas ao exercício financeiro de 2013, ao julgarem o processo TCE-PE Nº 1490193-6 diante dos argumentos apresentados pelo Escritório Jurídico RENATO CURVELO. 

Dr. Renato Curvelo
Inicialmente os auditores do TCE/PE por meio da Inspetoria Regional de Garanhuns (IRGA), ao analisarem as contas, entenderam por existir irregularidades e recomendaram a rejeição das contas.  
Vereador Saulo Henrique
Aberto prazo de defesa, o Escritório Renato Curvelo responsável pela defesa do gestor defesa demonstrou que o entendimento dos respeitáveis auditores não deveria prevalecer diante do entendimento mais modernos das cortes superiores e da literatura jurídica aplicada ao caso, sendo tais argumentos e fundamentos acolhidos pelo TCE/PE, por unanimidade. Parabéns ao gestor da Câmara Municipal de Brejão, Saulo Henrique Florentino de Barros (Saulo Maruim) por sua gestão, e mais uma vez ao Escritório Jurídico RENATO CURVELO que se tornou uma referência na assessoria jurídica municipal à Câmaras e Prefeituras.

sábado, 9 de abril de 2016

Maioria da população apoia impeachment de Dilma e Temer, segundo Datafolha

Presidente Dilma Rousseff e vice-presidente Michel Temer (Crédito: Elza Fiúza/ Agência Brasil)
O apoio ao impeachment de Dilma caiu de 68% no levantamento realizado nos dias 17 e 18 de março, para 61% nesta última pesquisa, feita nos dias 7 e 8 de abril. A taxa dos que defendem o impedimento de Temer é de 58%.  Já 60% dos brasileiros apoiam a renúncia dos dois. O instituto realizou duas mil setecentas e setenta e nove entrevistas em 170 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

terça-feira, 5 de abril de 2016

INFORME AOS OUVINTES, CLIENTES E PARCEIROS DA RÁDIO MARANO FM

A Diretoria da Rádio Marano FM de Garanhuns informa que em razão de um problema técnico, originado por um incêndio de pequeno porte em um transformador externo, a emissora encontra-se fora do ar desde o meio dia e 15 de ontem, Segunda Feira (04).

A diretoria e as equipes técnicas da emissora estão viabilizando a rápida resolução do problema, o que possibilitará a retomada das suas transmissões normais.

Gratos pela compreensão à todos os ouvintes, clientes e parceiros da emissora.

terça-feira, 29 de março de 2016

EM MEIO AO DESCRÉDITO DA CLASSE POLITICA, CONGRESSO DISCUTE O QUE OS POLÍTICOS DEVEM FAZER NAS ELEIÇÕES 2016

A Plenarium Consultoria, que produz campanhas em Pernambuco, estará
presente no evento.
Desde o pleito de 2014, ficou acentuado o total descontentamento da população brasileira com a classe política que a representa. Diversas manifestações contra governos municipais, estaduais e, com maior ênfase, contra o Governo Federal têm efervescido os debates sobre o futuro político do país. Essa é uma questão que permeia também no pensamento dos profissionais da área política e dos próprios candidatos, que encontrarão um ambiente muito mais hostil durante o pleito deste ano. Pensando nisso, a Associação Brasileira de Consultores Políticos (ABCOP) em comemoração aos seus 25 anos de existência,  traz esse ano, como tema central de seu congresso bianual, os desafios que tanto profissionais quanto candidatos enfrentarão nas Eleições 2016.

 O Congresso Brasileiro de Estratégias Eleitorais e Marketing Político, que acontece desde 1986, entra em sua  12ª edição nos dias 29 e 30 de abril, na Universidade Presbiteriana Mackenzie, trazendo em sua programação uma variada gama de assuntos voltados às eleições, desde como atuar com as novas tecnologias, o uso do rádio, as novas regras e legislação eleitoral, pesquisas, até mesmo as técnicas de argumentação que um candidato deve ter no famoso corpo a corpo.

Nomes consagrados no meio do marketing político/eleitoral, do direito eleitoral, das pesquisas de opinião e da comunicação social comporão a grade de apresentações do congresso que teve sua última edição em Brasília, no ano de 2014. O encontro das maiores inteligências políticas e eleitorais do país estarão reunidas em um único local.

Em sua assembleia geral ordinária, a ABCOP apresentará o código de ética dos profissionais da área politica/eleitoral.

“Esta edição tem tudo para ser a maior da longa história que possui esse congresso. Conseguimos trazer grandes mestres das técnicas eleitorais, mesclando com ótimos especialistas nas novas tecnologias, que incrementam cada vez mais a rotina da comunicação política. Estou certo de que quem estiver presente sairá das palestras com novas ideias a respeito do que fazer nas próximas eleições”, destaca Carlos Manhanelli, presidente da Associação Brasileira de Consultores Políticos (ABCOP). Informações e inscrições, acesse: www.estrategiaseleitorais2016.com.br.

Vinicius Ribeiro/ MTB 75694/SP
(11) 3782-9900 | (11) 96627-0649
Departamento de Comunicação - Manhanelli Associados