quarta-feira, 23 de setembro de 2015

SERIPA INICIA INVESTIGAÇÃO SOBRE QUEDA DE HELICÓPTERO EM MACEIÓ. TODAS AS VÍTIMAS JÁ FORAM IDENTIFICADAS.

Imagem: Polícia Militar de Alagoas
Três técnicos do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) iniciaram, no começo da noite de quarta-feira (23), as investigações sobre a queda da aeronave da Secretaria de Segurança Pública (SSP) que caiu pela manhã, no bairro de Santa Lúcia, em Maceió, e deixou três integrantes da Polícia Militar e um do Corpo de Bombeiros mortos.

De acordo com coronel José Roberto Mendes da Silva, que é o militar responsável por coordenar as investigações sobre a queda do helicóptero, a equipe formada por três técnicos tem um prazo de até 12 meses, ou um ano, para confeccionar o laudo final que vai apontar as causas e as circunstâncias do acidente.

No local do acidente, os técnicos realizaram os levantamentos iniciais e recolheram alguns destroços. Eles tiraram fotos de todas as partes do helicóptero. Existe a expectativa que os destroços sejam recolhidos e levados para uma área onde será periciado pela equipe do Seripa. Curiosos e moradores acompanharam de perto o trabalho de investigação.
Ainda segundo o coronel, os trabalhos realizados na noite desta quarta-feira foram iniciais e, portanto, na manhã desta quinta-feira os técnicos retornarão para o local do acidente, visto que 'a baixa iluminação da noite atrapalha a investigação'.

O ACIDENTE
Foto: Lívia Leão
Após a queda, o helicóptero pegou fogo e os corpos foram completamente carbonizados. Fotos divulgadas nas redes sociais mostram que os corpos estão irreconhecíveis. Testemunhas do acidente relataram que algumas das vítimas chegaram a pedir ajuda, mas, devido às chamas, a população não conseguiu socorrer os militares. A assessoria da Perícia Oficial, por sua vez, confirmou que os exames de necropapiloscopia e odontolegal foram realizados e que, com eles, foi possível identificar todas as vítimas.

Morreram o major CB Milton Carnaúba, o capitão PM Mário Henrique de Assunção, e os soldados Diogo Melo e Marcos de Moura Pereira, ambos da PM de Alagoas. O governo estadual, a Assembleia Legislativa e a Prefeitura e a Câmara de Maceió decretaram luto oficial de três dias.

De acordo com a assessoria do governo de Alagoas, os corpos dos militares serão velados a partir das 22h, no Palácio Museu Floriano Peixoto, no Centro, onde os presentes poderão acompanhar várias honras militares. Várias autoridades, a exemplo do governador Renan Filho, devem acompanhar a cerimônia.


Os oficiais serão sepultados no Campo Santo Parque das Flores, no Farol, às 11h. O soldado Marcos de Moura Pereira, por sua vez, será sepultado na cidade de Palmeira dos Índios, às 12h. Já a despedida ao soldado Diogo Melo será realizada no Memorial Parque Maceió, no Benedito Bentes, também às 12h.

LIMINAR CONCEDE VOLTA DO PREFEITO DE PALMEIRINA RENATO SARMENTO (PMDB), AO CARGO

Prefeito Renato Sarmento (PMDB) deve reassumir prefeitura.
Após ser afastado pela justiça, acusado de supostas irregularidades em convênios firmados pela Prefeitura, bem como ter sido denunciado pelos constantes atrasos nos pagamentos dos funcionários públicos da sua administração e  ter até uma CPI aberta na Câmara Municipal para apurar indícios de outras irregularidades em Palmeirina, denunciadas em primeira mão no blog do Ronaldo César e logo após na edição da última terça (22) do programa "Falando com o Agreste" veiculado na Rádio Marano FM pelo presidente da casa legislativa daquela cidade, Vereador Galego de Toinho (PP), o Prefeito Renato Sarmento (PMDB), deve reassumir suas atividades por força de uma revogação da Liminar anteriormente expedida pela justiça. 

A revogação se deu nessa quarta feira (23), através do AGRAVO DE INSTRUMENTO 0012025-75.2015.8.17.0000, ação impetrada pelos advogados do gestor palmeirinense, entre eles o experiente Dr. Renato Curvelo, integrado à essa banca de advocacia.

Dessa forma, a vice prefeita Eliane Vicente, que já havia inclusive assumido o cargo de gestora de forma interina em Palmeirina e  solicitado ao TCE uma auditoria especial na prefeitura, deve voltar as suas atividades normais na vice prefeitura.


EXCLUSIVO: HELICÓPTERO MILITAR CAI EM MACEIÓ, CAPITAL ALAGOANA E MATA MILITARES

Um helicóptero da Polícia Militar de Alagoas caiu na parte alta de Maceió na manhã desta quarta-feira. Informações dão conta de que havia quatro ocupantes na aeronave que foram identificados como capitão Assunção, capitão Hamilton, soldado Melo e soldado De Moura. Eles morreram carbonizados. Viaturas da polícia, Serviço Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros já estão no local.
Veja as imagens filmadas por populares:


A aeronave teria caído em uma rua, do bairro da Santa Lúcia, e explodido, mas não chegou a atingir casas apenas um veículo. 
Moradores de casas próximas ficaram desesperados com a cena e acreditam que a explosão teria atingido outras vítimas, além dos militares.
Eles contaram ainda que os militares teriam tentando pular do helicóptero antes da explosão, mas não conseguiram.
O secretário de Defesa Social, Alfredo Gaspar de Mendonça, segue também para o local do grave acidente.

Com informações do Blog TRIBUNA HOJE

CRIAÇÃO DO PARTIDO 'REDE SUSTENTABILIDADE' IDEALIZADO POR MARINA SILVA É AUTORIZADO

O Tribunal Superior Eleitoral - TSE - autorizou a criação do partido REDE SUSTENTABILIDADE. 

A legenda, idealizada pela ex senadora Marina Silva, que disputou a vice presidencia da república como companheira de chapa do ex governador Eduardo Campos (PSB) e logo após a morte de Campos, encabeçando a chapa, havia sido negada por não ter assinaturas suficientes para sua criação e por esse motivo não poderia disputar as últimas eleições. O registro da legenda foi concedido pelo TSE por unanimidade. 

Com isso, a Rede poderá lançar candidatos nas eleições municipais do ano que vem. Agora, o Brasil tem 34 partidos políticos.