sábado, 15 de agosto de 2015

SÃO BENTO DO UNA GANHA SUA ESCOLA TÉCNICA EDUARDO CAMPOS E ESPERADA ADUTORA

Foto: Roberto Pereira
Município do Agreste pernambucano, São Bento do Una recebeu um conjunto de ações do Governo do Estado que reforçaram a educação, a sustentabilidade hídrica e a infraestrutura da região. Cumprindo agenda administrativa na cidade, nessa sexta-feira (14), o governador Paulo Câmara inaugurou a Escola Técnica Estadual (ETE) Governador Eduardo Campos, uma adutora, obras do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), e anunciou o edital para contratação da empresa que será responsável pela construção da barragem do município, no Rio Una (Sítio Una dos Cordeiros). O investimento na intervenção será de cerca de R$ 50 milhões, recursos que já estão garantidos via convênio com o Ministério da Integração Nacional, através do Programa PAC Prevenção-Seca.

Ex Prefeitos Maurílio Rodolfo (Capoeiras), Sandoval Cadengue 
(Brejão), Vice Prefeito Juju (Capoeiras), Ernandes Oliveira e 

empresário José Almeida (Granja Almeida)
Ao lembrar que o ex-governador Eduardo Campos foi incansável em colocar a questão dos recursos hídricos e do saneamento na "agenda de ações de Pernambuco", Paulo Câmara destacou o valor das obras estruturadoras. “Apesar de tantos desafios na questão hídrica - estarmos no quarto ano de uma estiagem e de uma seca forte -, conseguimos realizar um conjunto de ações e entregas que são fundamentais. As obras estruturadoras estão acontecendo; ações que nós sabemos que farão a diferença no futuro”, pontuou.
O governador classificou o acesso à água como prioridade na sua gestão. "Está acima de qualquer questão, água é vida. E com água a gente não pode brincar. Nesse tempo de escassez, dificuldade e desafios, não temos medido esforços para levar água à casa das pessoas. Ao longo do meu governo não vou deixar de me empenhar, a cada dia, para realizar, cada vez mais, ações em favor da população, com qualidade de vida", afirmou Câmara.
A barragem, que faz parte de um conjunto de ações integradas de enfrentamento aos efeitos da estiagem no Estado, será construída numa área de 250 hectares ao longo da bacia do Rio Una, e terá Capacidade de acumular 18 milhões de metros cúbicos, beneficiando 91,6 mil habitantes de São Bento do Una, Cachoeirinha e Capoeiras. Além da água nas torneiras para população, o equipamento vai garantir a sustentabilidade hídrica para a atividade econômica da região. Considerada a maior produtora de aves e ovos do Norte/Nordeste, São Bento do Una responde por 97,2% do rebanho de aves e galináceos do Estado. Também se destaca na cadeia produtiva da bovinocultura de leite em Pernambuco.
Prefeita de São Bento do Una, Débora Almeida / Foto: Daniel Melo
ADUTORA - Além da construção da barragem, São Bento do Una também ganhou uma obra emergencial que evitará o colapso no abastecimento de água no município, uma vez que o Sistema Bitury, que atende à cidade, está com os mananciais com níveis baixos em decorrência da estiagem. Com investimento de R$ 700 mil, o Governo do Estado ergueu no município uma adutora que vai transportar água a partir da barragem de Pau Ferro, localizada no município de Quipapá, e que está com 100% da sua capacidade. Com o funcionamento da adutora, que vai beneficiar 26 mil habitantes, São Bento do Una terá água independente do Sistema Bitury, que é composto pelas barragens de Bitury e Pedro Moura.

EDUCAÇÃO - São Bento do Una é o terceiro município a celebrar a inauguração, em 2015, de uma Escola Técnica Estadual. Batizada de Governador Eduardo Campos, a unidade de ensino presta uma homenagem ao ex-governador de Pernambuco por dois mandatos (2007-2014), falecido há um ano. Somam-se à de São Bento do Una, a ETE Professor José Nivaldo Pereira Ramos, em Santa Cruz do Capibaribe, e a ETE Pedro Leão Leal, em São José do Belmonte, totalizando 29 unidades em funcionamento no Estado. Outras dez escolas técnicas estaduais estão em obras; três, em processo de licitação.
“Homenagear Eduardo nunca é pouco por tudo que ele fez por nós, por tudo que ele representou em Pernambuco; por tudo que ele deixou de legado, de ideias. Um ser humano que faz muita falta. Com certeza, onde Eduardo estiver, ele estará olhando por nós, olhando por um Pernambuco melhor, olhando por um Brasil mais justo onde as coisas funcionem como ele fez funcionar aqui em Pernambuco”, afirmou Paulo Câmara. “Quando planejamos essa semana de homenagens, sabíamos que não poderíamos homenagear Eduardo sem fazer algum ato no interior de Pernambuco. Eduardo fez toda a sua trajetória política andando por esse Estado. Ele gostava de ir a cada município e distrito de Pernambuco”, complementou.
O governador garantiu ainda que a educação também será uma prioridade no seu Governo, assim como foi no de Eduardo. "Quando assumimos o Governo de Pernambuco e Eduardo nos chamou para compor sua equipe, ele não parava de falar na necessidade de avançarmos na educação. O ensino médio de Pernambuco era o 21º colocado. E ele falava abertamente em todos os lugares por onde passava que queria entregar seu Governo com Pernambuco, pelo menos, entre os cinco estados com a melhor educação do Brasil. Para nossa alegria, no ano passado, Pernambuco tirou a quarta melhor escola pública do Brasil. Mas o sonho dele não era só ficar entre os cinco, nós sabemos qual era o sonho dele. E esse sonho é com o nosso governo: entregar aos pernambucanos a melhor escola pública do Brasil", cravou Paulo, ao enfatizar o seu compromisso com a valorização dos profissionais da educação e com a ampliação dos ensinos integral e técnico.
Com investimento de R$ 8,3 milhões, a unidade conta com auditório, biblioteca, bloco pedagógico e administrativo; 12 salas de aula, quadra poliesportiva coberta, área de convivência, além de laboratórios de Biologia, Química, Física, Matemática, Línguas e Informática. As atividades na ETE Governador Eduardo Campos têm início ainda neste semestre letivo com a oferta de 220 vagas nas modalidades de técnico subsequente, educação à distância e profuncionário para estudantes do ensino médio, pessoas com ensino médio completo, bem como funcionários do quadro administrativo de escolas públicas. As vagas são nas áreas de Enfermagem, Saúde Bucal, Administração, Biblioteca, Logística, Multimeios Didáticos, Recursos Humanos, Secretaria Escolar e Segurança do Trabalho. A partir de 2016, no ensino médio Integrado, serão ofertados os cursos de Rede de Computadores, Informática e Agroecologia.
Filho do ex-governador, João Campos representou a família na solenidade. Ele agradeceu, emocionado, a homenagem. Diante da comunidade escolar e da prefeita do município, João fez um pedido. “Queria dizer a vocês, que aqui vão estudar e trabalhar, que não desperdicem essa oportunidade. Vocês têm à disposição um equipamento que faz inveja a tantos centros particulares. Vocês têm professores dedicados, laboratórios de excelência. Então, utilizem disso. Não percam essa oportunidade! Aqui, vocês estão vendo a educação se interiorizando, aprendam com os que são daqui; depositem todo o seu conhecimento nessa região, no Interior do nosso Estado, que tem essa gente tão aguerrida. Essa oportunidade deve ser usada com muito zelo e eu tenho certeza que vocês farão isso”, conclamou.
Ao informar que a ETE Governador Eduardo Campos é a oitava unidade de ensino estadual entregue este ano e a terceira escola técnica, o secretário de Educação, Fred Amancio, disse que inaugurar escolas é a melhor forma de homenagear o ex-governador, que sempre defendeu o “olhar voltado para o futuro”.
FEM - Ainda durante sua passagem pelo município, o chefe do Executivo estadual entregou obras de requalificação, urbanização e iluminação, realizadas com recursos do FEM. O aporte foi de R$ 3 milhões. As intervenções realizadas na cidade incluíram pavimentação de ruas e travessas nos bairros Centro, Vila Adelma, Loteamento Vila Balança, Distrito Espírito Santo e Loteamento Odete Costa.

Com informações do Blog Capoeiras