.

.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

PRODUZIDA PELO PSB, SEMANA "EDUARDO CAMPOS" É INICIADA COM EMOÇÃO NO RECIFE


Muita emoção. Esse foi o sentimento predominante no início da semana que homenageia o ex governador Eduardo Campos, morto em acidente aéreo em Agosto do ano passado, durante sua participação como candidato na campanha presidencial 2014.Com um público que lotou o Paço Alfândega, na área portuária do Recife, o evento foi o start de uma série de agendas programadas pelo PSB nacional e diretório local para essa semana, que inclui missas em diversos municípios  e marcou também uma data emblémática: Exatamente nesse dia 10, Campos estaria fazendo 50 anos de idade. Uma coletânea de livros com discursos do ex político foi lançada pelo jornalista Evaldo Costa, que conviveu com Eduardo. 

Os discursos na tribuna foram carregados de elogios à postura de Eduardo e pontuado por intervenções de artistas do estado que acompanharam a trajetória do ex politico pernambucano. Durante as homenagens ao ex-governador, o presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro, Carlos Siqueira, disse que um possível impeachment da presidenta Dilma Rousseff não é bandeira do partido atualmente. "Por enquanto, não há elementos que sustentem esta possibilidade", disse Siqueira.






Além do Governador Paulo Câmara (PSB-PE),  a produção do programa "Falando com o Agreste" registrou a presença de todos os Secretários que participaram dos Governos de Eduardo, prefeitos de todo o Estado, vereadores, muitas personalidades do mundo político nacional  a exemplo da ex Senadora Marina Silva (PSB), que disputava a vice presidência ao lado do socialista; do também ex presidenciável e Senador Aécio Neves (PSDB-MG);

Governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB -SP); da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB-PB); do Distrito federal, Rodrigo Rolemberg (PSB_DF);  Ministro da Defesa e ex governador da Bahia, Jaques Wagner (PT-BA); Senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), Senador Heráclito Fortes (PSB-PI); ex governadores Gustavo Krause (DEM-PE); João Lyra Neto (PSB-PE); Joaquim Francisco (PSB-PE), Roberto Magalhães (DEM-PE) e Deputados Federais Mendonça Filho (DEM-PE); Tadeu Alencar (PSB-PE) e Wolney Queiroz (PDT-PE); e Beto Albuquerque, atual líder do PSB na Câmara. 

Emoção ainda maior foi a participação de toda a família de Eduardo Campos, representada por sua mãe, Ana Arraes, esposa Renata Campos e seus filhos, do irmão Antonio Campos. As homenagens durante todo o mês de agosto ocorrerão na capital, nos municípios do interior de Pernambuco, em Brasília e até mesmo através de uma instituição internacional, o Banco Mundial. Os eventos foram planejados conjuntamente com os familiares do líder socialista, as direções estaduais e nacionais do partido e a Fundação João Mangabeira. A orientação da família do ex-governador é de que as atividades sejam uma celebração à vida.


Imagens: Marcelo Jorge