segunda-feira, 3 de março de 2014

PARA EDUARDO CAMPOS O PAÍS PRECISA SABER O PORQUE DAS OBRAS FEDERAIS PARADAS

Falando para repórteres em suas visitas neste carnaval, o Governador de Pernambuco e presidenciável, Eduardo Campos (PSB) declarou que se faz necessário a realização de um diagnóstico que aponte a situação em que se encontram as obras tocadas pelo Governo Federal em todo o País. De acordo com o gestor, “Tem obra que está parada por projeto mal feito, outras por inconsistência na contratação de sua execução, outras porque empresas faliram pela falta de fluxo adequado nos pagamentos. Elas precisam ser classificadas para que possamos ter como política concluir as obras que estão pela metade”, afirmou Campos.

Um comentário:

  1. Quando os 15 Deputados Federais do PSB, os 19 Deputados Federais do PR e os 43 Deputados Federais do PSDB juntos aprovaram o Projeto de Resolução concedendo 62% de aumento em seus salários com efeito cascata em todo o Brasil, naquele momento, o Brasil passou a viver momentos difíceis.

    Essa foi a maior crise que a Dilma enfrentou em 2011.Naquele ano todas as categorias pressionaram por aumentos.Em 2012 vem a eleição para Prefeitos e Vereadores e os aumentos variaram de 62% a 156% .Os juízes passaram de vinte e seis mil reais para trinta mil reais.

    Este é um dos motivos pelos quais muitas das obras foram paradas e muitas das empresas não puderam terminar as obras. O IPI foi reduzido para 0% e o país deixou de arrecadar mais de 500 bilhões de reais.

    Dinheiro esse que daria para ter terminado grandes parte das obras que ainda estão em andamento. O maior desafio deste país é fazer uma reforma política pra valer.O que somente ocorrerá quando o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL tomar as suas decisões contra tudo e todos e o povo fizer uma ABAIXO ASSINADO assim como fez com o Projeto da Ficha Limpa e com o povo cobrando, assim como fizeram para derrubar a PEC -37 que tirava o poder do Ministério Público deste país de fiscalizar os políticos brasileiro e as instituições públicas e privadas.

    ResponderExcluir