terça-feira, 28 de janeiro de 2014

EM GARANHUNS, ROSA QUIDUTE (PT) ASSUME PREFEITURA. OUÇA ENTREVISTA COMPLETA

 
Em entrevista concedida com exclusividade ao Programa "Falando com o Agreste", a vice prefeita de Garanhuns, Roseana Quidute (PT) que assumiu o cargo de prefeita interina em razão da ausência do prefeito Izaías Régis (PTB), fala de família, do aprendizado com o seu marido, o ex Prefeito Bartolomeu Quidute, de política, de combate à violência contra a mulher, da sua relação profissional com o atual prefeito Izaías, da traição política do ex prefeito Silvino, entre outros assuntos.
 
 
Ouça o programa com a entrevista, na íntegra, clicando abaixo:
 
 
 


domingo, 19 de janeiro de 2014

NESSA SEGUNDA, (20) ENTREVISTA EXCLUSIVA COM O EX GOVERNADOR DE ALAGOAS, RONALDO LESSA, EM GARANHUNS

Imagem: Heronides 
O programa radiofônico "Falando com o Agreste", na edição desta segunda feira (20) trará uma entrevista exclusiva com Ronaldo Lessa (PDT), que esteve visitando Garanhuns, à convite do seu amigo Givaldo Calado (PSB). 

Lessa foi deputado estadual pelo PMDB (1983-1986), vereador (1989-1992) e prefeito de Maceió (1993-1996) e que fez a sucessora Kátia Born) -, eleito pelo PSB, mesmo partido pelo qual se elegeu governador do Estado por dois mandatos consecutivos (1999-2006). – Nesse segundo mandato foi reeleito vencendo o outro candidato, Fernando Collor de Mello. 
Em 2005, Ronaldo Lessa se filiou ao PDT.  
Em 2006 concorreu ao Senado Federal e foi  derrotado pelo ex-presidente da República Fernando Collor.  
Nas eleições de 2010 disputa novamente o governo alagoano, onde alcança o segundo turno, mas é derrotado por Teotonio Vilela Filho. 
Nas eleições de 2012, Ronaldo disputou a prefeitura novamente. Sua candidatura foi negada e o candidato Rui Palmeira venceu no primeiro turno, com 57,41% dos votos. 

Atualmente, Ronaldo Lessa é Presidente do PDT Alagoano além de Vice Presidente do Diretório da legenda no Nordeste. 

O programa FALANDO COM O AGRESTE vai ao ar de segunda à sexta feira, sempre a partir do meio dia Rádio Marano FM (102,3 Mhz), e pode ser ouvido também através do site: www.radiomaranofm.com.br. 

domingo, 12 de janeiro de 2014

EXCLUSIVO: POLÍTICO GARANHUENSE REVELA NOME DE QUEM ESTÁ IMPEDINDO O FUNCIONAMENTO DA FAMEG

Em entrevista exclusiva ao programa "Falando com o Agreste" , um líder político de Garanhuns revelou neste final de semana, entre outros assuntos, que a não abertura da FAMEG - Faculdade de Medicina de Garanhuns -, um problema que vem prejudicando a formação de futuros médicos que poderiam servir inclusive a esta região, tem a interferência de um grande empresário, o qual teria interesses contrariados caso a faculdade viesse a funcionar.

Ouça a entrevista na íntegra nessa segunda feira, (13), no programa que irá ao ar a partir do meio dia pela Rádio Marano FM, em 102,3 Mhz ou pela web em www.radiomaranofm.com.br.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

COMBATES ELEITORAIS - CAPÍTULO 01 - PSB REBATE NOTA DO PT EM REDES SOCIAIS

ESSA FOI NOTÍCIA NO BLOG DO JAMILDO:
  
Em resposta à nota publicada no perfil do PT, no Facebook, nesta terça-feira (7), dizendo que o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), não tinha credibilidade política e se referindo ao socialista como playboy mimado pelo “lulo-petismo”, o líder do PSB na Câmara dos Deputados, Beto Albuquerque, rebateu às críticas classificando-as como "covardes e despolitizadas".
Em mais de uma postagem, o parlamentar socialista escreveu que a nota do PT representa que o partido está com medo da candidatura socialista. “PSB não vai morder a isca da baixaria e dos ataques pessoais”, assinalou.

O socialista publicou várias postagens no Facebook, posteriormente as informações foram compiladas e transformadas na nota oficial do PSB, divulgada no site do partido.

Leia a íntegra da nota:
Sobre nota publicada no perfil oficial do Partido dos Trabalhadores no Facebook, intitulada “A Balada de Eduardo Campos”, o Partido Socialista Brasileiro considera que:

1. Fica evidente o desespero da direção do Partido dos Trabalhadores frente à discussão democrática do PSB em ter candidato próprio à Presidência da República em 2014. Tal desespero só demonstra a força das ideias e do debate que o PSB está propondo, sendo a real alternativa para que o Brasil avance nas mudanças que o povo brasileiro clama e precisa;

2. É impossível negar os avanços que o Governo de Pernambuco obteve nos últimos sete anos, sob o comando do presidente nacional do PSB, Eduardo Campos. Alegar que o sucesso do Governo de Pernambuco deveu-se a ajuda federal é no mínimo ingênuo, pois tal ajuda se fez presente a todos os Estados, inclusive aqueles dirigidos pelo PT, que não tiveram a mesma capacidade de formulação de projetos, planejamento e execução que o Governador Eduardo Campos, o mais bem avaliado e aprovado do país, reeleito com a maior votação da história do seu Estado.

3. Além do ataque covarde e despolitizado ao Governador Eduardo Campos, a nota ainda usa termos chulos para tratar a ex-senadora Marina Silva, líder da Rede Sustentabilidade e filiada do PSB, uma ativista reconhecida internacionalmente pela sua defesa do desenvolvimento sustentável e figura de postura ímpar na política brasileira.

4. A nota revela que a parcela que hoje domina o PT perdeu completamente seu espírito republicano, abandonou seu norte politico e transformou-se numa seita fundamentalista que ataca qualquer um, mesmo sendo um importante ator do campo das esquerdas, que discorde em qualquer medida da atual condução política e econômica do país e das velhas práticas políticas que se assiste em Brasília;

5. O PSB manter-se-á firme na propositura de mudanças profundas na forma de se fazer política no Brasil, resgatando a dignidade dos partidos e agentes politicos, tão desgastados pela descompostura daqueles que hoje formam a aliança que dirige Brasília. 6. Por fim, o PSB clama à sociedade brasileira que rechace a forma desrespeitosa, patética e desqualificada com a qual o Partido dos Trabalhadores está tentando conduzir o debate pré-eleitoral de 2014. O Brasil merece respeito.

Beto Albuquerque, Líder do PSB na Câmara dos Deputados

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

DEPUTADO MENSALEIRO PERNAMBUCANO VAI CUMPRIR PRISÃO EM CANHOTINHO

pedro-correa-jcO deputado federal Pedro Corrêa Neto, cassado pelo Congresso Nacional, foi condenado a 7 anos e 2 meses de prisão, como pena do julgamento do mensalão. Há cerca de um mês, o pernambucano se apresentou na Polícia Federal de Brasília e há 10 dias foi transferido para Pernambuco.
Pedro Corrêa Neto permanece no Centro de Triagem e Observação Criminológica, o Cotel, em Abreu e Lima. O juiz da Primeira Vara das Execuções Penais, Luiz Rocha, se pronunciou na tarde desta terça-feira (7) determinando que Pedro Corrêa seja transferido para o Centro de Ressocialização do Agreste, que fica no município de Canhotinho, no Agreste de Pernambuco.
Os familiares já defendiam a transferência para esta unidade prisional.

sábado, 4 de janeiro de 2014

COMEÇAM AS DISCUSSÕES DAS ALIANÇAS DO PSB

E com o início de 2014, principiam também as ações políticas que começam a receber os seus primeiros "starts". 
Aqui em Pernambuco, o governador e Líder maior do PSB, Eduardo Campos, convocou seu staff para discutir a montagem de palanques regionais visando a eleição presidencial que se aproxima. 
O encontro dos pessebistas do 'primeiro escalão' deverá acontecer no Recife, já nesta segunda quinzena de janeiro.

Certamente um dos pontos a ser debatido é a situação da legenda em São Paulo, maior colégio eleitoral do país. Lá, os socialistas tentarão conseguir o importante o apoio do governador do estado, Geraldo Alckmin (PSB), mas lutam desde já com a resistência da ex-senadora Marina Silva, hoje aliada mais forte de Campos.

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

MARINA ACEITA SER LANÇADA LOGO PARA VICE DE EDUARDO



 

A ex-ministra Marina Silva, do Meio Ambiente, ganhou a queda de braço com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, aspirante a candidato do PSB à sucessão da presidente Dilma Rousseff. O PSB não apoiará o governador Geraldo Alckmin (PSB), de São Paulo, candidato à reeleição.

 
 
Em compensação, Marina concordou em ter sua candidatura a vice de Eduardo lançada ainda neste mês – ou no máximo até meados de fevereiro. No próximo dia 17 haverá no Recife um encontro informal de dirigentes nacionais do PSB. Entre outros assuntos, discutirão nomes para a vaga de Alckmin.
Eduardo guarda na memória do seu computador pessoal os resultados de pesquisa recente encomendada pelo PSB sobre a eleição em São Paulo. Uma das questões propostas aos entrevistados testou a popularidade de Marina Silva e o alcance do seu apoio como vice à candidatura de Eduardo.
A popularidade de Marina bateu a casa dos 20%. Com o apoio dela, Eduardo ultrapassa Aécio Neves, aspirante a candidato do PSDB a presidente, nas maiores cidades do Estado. Os resultados da pesquisa convenceram o governador de Pernambuco a acatar o veto de Marina ao nome de Alckmin.
A ex-prefeita de São Paulo Luiza Erundina (PSB) resiste ao assédio de Marina para ser candidata ao governo do Estado. Eduardo resiste à pressão da cúpula do PSB paulista para que o partido apoie a reeleição de Alckmin e continue fazendo parte do governo dele. O PSB precisa de candidato próprio em São Paulo para dar palanque a Eduardo.
Em breve, Aécio retribuirá o gesto de Eduardo que oficializou em Pernambuco a entrada do PSDB no seu governo. O partido ganhou uma secretaria de Estado e a chefia do Detran. O candidato de Aécio ao governo de Minas Gerais será o atual prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB).
Em dezembro último, Eduardo e Aécio se reuniram no Rio de Janeiro e acertaram que dividirão o mesmo palanque nos Estados onde isso seja conveniente ao PSDB e ao PSB. Lacerda apoiará Aécio, apesar de ser filiado ao partido de Eduardo. Mas Eduardo, que nada tinha a perder em Minas, pelo menos ganhou um palanque para pisar.
Palanques comuns a Eduardo e Aécio têm muito a ver com as sucessões estaduais. O PSDB enfrentará em Minas a forte candidatura de Fernando Pimentel (PT), atual ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Márcio Lacerda é o melhor nome de que pode dispor Aécio para vencer Pimentel.
PTB e PT deixaram o governo Eduardo em outubro passado. Ou concorrerão à sucessão de Eduardo com um único candidato ou com dois – que, num eventual segundo turno, estarão juntos. O PSDB, que no Estado era oposição a Eduardo, agora passará para o lado dele.
Na Paraíba, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) pretende disputar o governo do Estado. Nas contas de Eduardo, ali o PSDB acabará apoiando a reeleição do atual governador, que é do PSB. No Paraná, Beto Richa (PSDB), governador, ganhará o apoio do PSB. O vice dele é do PSB.

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

MORRE O GARANHUENSE MAURO DE SOUZA LIMA

Faleceu há pouco (02), por volta das 13 horas, aos 81 anos, no Real Hospital Português do Recife, onde estava internado, o  Bacharel em Direito, Contabilista e Administrador,  Dr. Mauro Souza Lima, também ex-vereador e escrivão desta cidade,
 
Mauro Lima foi proprietário do Hotel Fazenda Alvorada, aqui em Garanhuns, irmão de Ana Gervais (APAE) e um dos mais admiráveis cidadãos garanhuenses.
 
Sempre teve a sua existência pautada pelo trabalho, investimento no progresso e nas lutas pela igualdade. Dr. Mauro de Souza Lima foi o primeiro vereador a se preocupar com a questão do meio ambiente e deixar um legado imensurável às gerações futuras.
 
Seu corpo, deverá ser velado no Hotel Fazenda Alvorada, a partir de sua chegada a Garanhuns e será sepultado em hora e local a ser ainda determinado pela família.
 
(Imagem e algumas informações obtidas no site da jornalista Selma Melo)

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

GOVERNADOR EDUARDO CAMPOS FAZ PARTICIPAÇÃO AO VIVO NO PROGRAMA FALANDO COM O AGRESTE

Com a presença do Prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), foi apresentado neste último dia 31 de Dezembro, o último programa "Falando com o Agreste" do ano de 2013. Entrevistado pelo apresentador, Marcelo Jorge, Izaías foi inquirido acerca do hospital municipal de Garanhuns, da sua gestão em 2013, da eleição que lhe deu quase 37 mil votos, dos seus planos de apoios eleitorais em 2014, além de outros temas de interesse do município.
 
No programa também , foi veiculada uma ligação telefônica realizada ao vivo pelo Governador de Pernambuco e Presidente do PSB, Eduardo Campos, que falou de sua provável candidatura à presidência da república,  de família e finalizou fazendo uma saudação de final de ano aos pernambucanos, sendo esta a sua última entrevista em Rádio em 2013.
 
 
 
Ouça abaixo, na íntegra, o programa de radio jornalismo "Falando com o Agreste", edição veiculada em 31 de Dezembro, pela Rádio Marano FM de Garanhuns - www.radiomaranofm.com.br :