quarta-feira, 2 de outubro de 2013

LULA ENUMERA FATORES QUE IMPEDIRIAM SUPOSTA CANDIDATURA DE EDUARDO À PRESIDENCIA

Essa foi destaque no blog do credibilizado jornalista  Inaldo Sampaio: 
O ex-presidente Lula disse ontem em Brasília que o governador Eduardo Campos vai ter que refletir muito sobre sua candidatura a presidente da República para não se meter numa aventura.
“Qualquer brasileiro com mais de 35 anos pode ser candidato a presidente da República. Se tiver um partido político, então pode mais ainda. Mas o que eu acho que é que a conjuntura, no momento de decidir, vai pesar nas decisões das pessoas”, disse o ex-presidente.
A “conjuntura”, segundo ele, seriam três coisas: palanques regionais, tempo de televisão e o resultado das pesquisas.
O ex-presidente lamentou a saída do PSB do governo Dilma, mas não quis afirmar quem foi o culpado pelo fato.
“Eu lamentei porque eu não queria que ele (Eduardo Campos) saísse assim. Não sei de onde partiu a precipitação. Mas, pela convivência que nós temos, não foi uma coisa legal sair assim”.
“A gente tem tanta história juntos e eu gostaria de continuar construindo ela junto. É como se você estivesse numa guerra contra adversários e, de repente, o teu batalhão começasse a se separar. Eu não acho isso legal”, acrescentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário