segunda-feira, 18 de julho de 2011

O FESTIVAL DE INVERNO: DOS PALCOS PARA O PÚBLICO

Foto e Montagem: Marcelo Jorge.  

“Guerreou!!”
Esse era o grito de guerra da minha infância para mostrar que a brincadeira ou a ação, seja qual fosse, havia começado....
O Festival de Inverno de Garanhuns em sua 21ª edição (maioridade absoluta) começou bem com a homenagem ao saudoso pernambucano Lula Côrtes e nesse tom abriu a quinta feira com as homenagens de Alceu, Geraldo Azevedo e das bandas – primeira e última – do Côrtes. O homenageado, além de ser um dos polêmicos baluartes da música pernambucana – polêmico, vale salientar, por sua irreverência musical – esteve no primeiro FIG no longíquo 1991 e na edição do ano passado também, o que  lhe torna muito providencial todas essas homenagens.
O PALCO DA GUADALAJARA -  Estou no palco da Guadalajara – pela 17ª vez nesses 21 anos – como apresentandor oficial do evento -, juntamente com o Ivan Leite, um dos maiores comunicadores nos eventos populares de Pernambuco, mais precisamente no carnaval do Recife e região metropolitana. É um sujeito simples, competente e extremo conhecedor da cultura popular pernambucana e nordestina em todas as suas nuances e  nos demos bem na parceria de locução. A cada noite, faço digamos a parte mais institucional da apresentação, enquanto o Ivan que utiliza figurinos diversos representando elementos e personagens da cultura popular, faz  a parte lúdica e brincante, sem no entanto esquecer das informações e dicas sérias acerca da importância do FIG para nós pernambucanos e mais especificamente para nós de Garanhuns e do Agreste.
A IMPRENSA – A postura das emissoras de rádio, Jornais e revistas e blog’s de Garanhuns é de apurada eficiência e zêlo com o  FIG. Os nossos profissionais e amigos das Rádios FM Marano, Sete Colinas e 87 , da Rádio Jornal AM, além dos profissionais da Educativa FM e Difusora de Alagoas AM, ambas de Maceió, estão dando uma ampla cobertura ao nosso maior evento para o vizinho estado alagoano,  ao mesmo tempo em que todos  alertam os coordenadores do FIG e demais autoridades para os detalhes que podem melhorar o evento. Conversam diariamente com os artistas, roadies, montadores, equipes de som, empresários do trade turístico, políticos, equipes de segurança privadas e públicas, turistas e nativos acerca dos olhares para o FIG e todos tem sentido a percepção desses segmentos para com o evento. A unanimidade é que o Festival está cada vez maior e mais completo. Ainda tem FIG até o próximo sábado dia 24, e até lá, certamente muita água vai rolar: Principalmente vinda de cimaBom Festival para todos.