sexta-feira, 17 de agosto de 2018

ALERTA: CONFIRMADOS DOIS PRIMEIROS CASOS DE SARAMPO EM PERNAMBUCO, DESDE 2014

Imagem: Divulgação no Site da Prefeitura de São Paulo

Os dois primeiros casos de sarampo em Pernambuco desde 2014 foram confirmados esta sexta-feira (17) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Um homem de 27 anos com histórico de viagem para Manaus, capital do Amazonas, região onde circula o vírus, e uma sobrinha de 2 anos que mora com ele no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, são as ocorrências confirmadas.

Os dois pacientes, outros dois membros da mesma família e uma funcionária estão sob monitoramento da secretaria e outros órgãos responsáveis. Amostras de sangue foram coletadas e encaminhadas para exames laboratoriais na Fundação Oswaldo Cruz do Rio de Janeiro (Fiocruz-RJ), que confirmou a doença no tio e na sobrinha.

A vacinação para a tríplice viral, que combate o vírus do sarampo, não foi comprovada pelos pacientes, segundo a SES-PE. Os demais familiares permanecem sob análise para confirmar ou descartar a doença. Em 2018, Pernambuco notificou até esta sexta 102 casos suspeitos de sarampo, sendo 30 no Recife, de acordo com a SES-PE. Desse total, 48 foram descartados e estes foram os dois primeiros confirmados. Os demais casos seguem em investigação.

VACINAÇÃO NESTE SÁBADO EM PERNAMBUCO

E neste Sábado (18) também é dia de vacinação! Por isso, todas as crianças de um a menores de cinco anos devem buscar os postos de vacinação em Garanhuns, no Agreste, em todo o estado de Pernambuco, assim como no restante do país, para receber a vacina contra a poliomielite e o sarampo. No estado, 87% das crianças que fazem parte do público-alvo ainda precisam se vacinar. Pais e responsáveis devem levar as crianças independente da situação vacinal anterior, já que neste ano a campanha é indiscriminada. A expectativa é vacinar mais de 11 milhões de crianças até 31 de agosto.

COM AUDITÓRIO LOTADO, CODEAM E ESCOLA DE CONTAS DE PERNAMBUCO ENCERRAM CURSO DE LICITAÇÃO PÚBLICA EM GARANHUNS


Promovida pela CODEAMComissão de Desenvolvimento do Agreste Meridional - em parceria com a Escola de Contas Públicas do TCE-PE, aconteceu nesta Quarta (15) e Quinta (16) na sede da entidade em Garanhuns, uma série de novos cursos GRATUITOS. A capacitação faz parte do Programa de Interiorização do TCE.

Durante este segundo semestre do ano ainda estarão sendo ofertados os cursos Licitação Pública: do edital ao contrato, Auditoria em Folha de Pagamento, além de Gestão e Controle do Programa de Alimentação Escolar.

Instrutor José Vieira de Santana conduziu o
curso na CODEAM nestes dois dias de
atividades. Foto: Magna Godoy
Com o palestrante-instrutor José Vieira de Santana (Imagem ao lado), a sede da CODEAM recebeu nestes dois dias o curso ‘Licitação Pública: do edital ao contrato’, que orientou os servidores participantes na realização de licitações e contratações públicas

"A missão fundamental dos Tribunais de Contas é, sem dúvida, o controle externo das contas públicas. Mas, é também, orientar os servidores, sejam dos estados ou municípios. Esta iniciativa da Escola de Contas tem o objetivo levar capacitações gratuitas para todo o Estado, visando um aprimoramento dos serviços prestados pelos entes públicos aos cidadãos pernambucanos”, destacou o conselheiro diretor da Escola, Ranilson Ramos.

Segundo a Presidente da CODEAM e Prefeita de Capoeiras, Neide Reino (PSB) “Esses cursos anteriormente eram realizados em Recife, mediante taxa de inscrição. E esses ofertados aqui são totalmente GRATUITOS”.

Para abertura das capacitações, esteve presente na quarta feira (15) o Dr. Dácio Rossiter Filho, Gerente de Planejamento, Desenvolvimento e Inovação da Escola de Contas Públicas - TCEPE.

O evento contou com representantes de dezenas de municípios
do Agreste. Foto: Magna Godoy
Os próximos Cursos a serem realizados na sede da CODEAM já nos dias 30 e 31 de Agosto serão ‘Auditoria em Folha de Pagamento’ e no dia 27 de Setembro, ‘Merenda Escolar’.

Participaram desse curso na CODEAM os municípios de: Angelim, Brejão , Paranatama, Terezinha, Garanhuns, Caetés, Saloá, Manari, Quipapá, São João, Capoeiras, Bom Conselho, Lagoa do Ouro, Ibirajuba, Palmeirina, São Bento do Una, Jucati, Lajedo, Canhotinho, Jupi, Bezerros, Joaquim Nabuco, Petrolina, Feira Nova, Paulista, Lagoa dos Gatos, Sanharó, Água Preta, Cupira, Itapetim, Agrestina e Tacaimbó.

TITE ESCALA SELEÇÃO BRASILEIRA PARA AMISTOSO CONTRA ESTADOS UNIDOS

Foto: Fernando Frazão

A busca da seleção brasileira pelo hexacampeonato, será retomada a partir desta sexta-feira (17). Às 11h, no Rio de Janeiro, Tite anuncia a lista de convocados para enfrentar Estados Unidos e El Salvador no próximo mês. A expectativa é por uma equipe renovada para os dois primeiros amistosos do Brasil no projeto que tem duração de quatro anos (ciclo da Copa) e que deverá se encerrar apenas no Mundial do Catar, em 2022.

A lista de Tite certamente terá novidades em relação ao time que sucumbiu na Rússia, mas é provável que boa parte do elenco que esteve na Copa figure novamente entre os convocados. Isso porque não é do perfil do treinador fazer mudanças profundas no time no curto prazo. Além disso, resultados ruins nos amistosos marcados para os dias 7 e 11 de setembro poderiam minar a confiança em um trabalho que recomeça com boa parte da torcida olhando com um pé atrás.

Dentre as mudanças, a "nova" seleção deverá contar com a presença de mais jogadores que atuam no país, embora compromissos de clubes em competições como a Copa do Brasil (tem jogo no dia 12 de setembro) possa interferir na relação.

Dois nomes despontam como favoritos para debutar entre os convocados nesta sexta: o meia Lucas Paquetá, do Flamengo, e o atacante Everton, do Grêmio. O também atacante Pedro, do Fluminense, é outro que pode aparecer na lista.

Os três jogadores estiveram entre os mais observados por Tite e sua comissão desde que a CBF renovou o vínculo de todos até o Catar. O técnico e seus auxiliares observaram 12 jogos in loco apenas este mês, além de terem avaliado pela TV o confronto entre Estudiantes e Grêmio, disputado na Argentina. Dessas, quatro partidas envolveram o Flamengo, três tiveram o Cruzeiro e a equipe gaúcha e dois foram do Fluminense.

Do exterior, quem deverá ganhar uma nova chance é o meia Arthur, que se transferiu do Grêmio para o Barcelona recentemente. O jogador de 22 anos foi chamado por Tite para os dois últimos jogos das eliminatórias no ano passado e começou bem sua trajetória na equipe espanhola. Marcou até um golaço na estreia com a camisa catalã. Vinicius Junior, agora no Real Madrid, também pode ser chamado para os amistosos.

Na zaga, Marquinhos é o que tem mais chances de ser chamado novamente, por contar com a admiração de Tite e também pela pouca idade. No meio campo, Paulinho e Renato Augusto, ambos no futebol chinês, devem sobrar. Mesmo sendo muito criticado no Mundial, o atacante Neymar, tem vaga garantida na escalação.

ARMANDO MONTEIRO DIZ QUE 'ARREPENDIMENTO DE CÂMARA PODE SER RECOMENDAÇÃO DE MARKETING'

Para o Senador petebista e candidato ao Governo, não há indícios de 'arrependimento', mas de estratégia eleitoral.
Foto: Marcelo Camargo

Após a declaração do Governador Paulo Câmara (PSB), afirmando ter 'se arrependido' por ter apoiado o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), que retirou o PT do comando do país. O Senador Armando Monteiro (PTB) se questionou se a postura não seria “recomendação do marketing”. “Acho que todo mundo pode de resto se arrepender. É preciso que, no entanto, essa manifestação possa ser aos olhos de todos sincera, uma manifestação sincera e não uma mera recomendação do marketing”, alertou Armando Monteiro, segundo um blog da cidade do Recife, em entrevista após visita ao Morro da Conceição, na noite dessa quinta-feira (16).

Armando Monteiro ainda afirmou que o governador tem se caracterizado por posições muito dúbias, que mudam ao longo do tempo. “Ele fazer essa revisão, ele tem esse direito, mas o que nós verificamos mesmo é que há um sentimento de discutir as questões de Pernambuco”, completou o senador, reiterando que pretende centrar no debate pelo estado durante a campanha.

O questionamento diante do posicionamento do governador também foi reforçado pelo deputado federal de candidato a senador, Mendonça Filho (DEM). “A questão do impeachment que todos sabem é que o PSB e o governador participaram de forma direta do processo. Não fosse o PSB não tinha havido impeachment, isso é uma cortina de fumaça e a opinião pública precisa ficar alerta”, salientou o democrata.

SESC GARANHUNS PROMOVE OFICINA DE FOTOGRAFIA

Foto:Sesc

A partir desta segunda-feira (20), o Sesc Garanhuns vai realizar uma oficina que tem como tema “A fotografia do cinema”. A oficina faz parte do projeto Circuito Sesc de Formação Audiovisual, que em sua 4ª edição percorrerá até o fim de outubro mais cinco cidades: Surubim, Arcoverde, Goiana, Petrolina e Caruaru.

O curso aborda a fotografia enquanto linguagem fílmica e propõe tanto debates teóricos acerca do papel da imagem do cinema, quanto questões técnicas e práticas no cotidiano do set de filmagem, possibilitando assim uma reflexão sobre a função do diretor de fotografia.

Os interessados devem comparecer ao Ponto de Atendimento de Clientes, no Sesc do município, até o dia 20. Para realizar a matrícula deve ter mais de 15 anos, e apresentar documentos de identificação (RG e CPF) e comprovante de residência.

Foto: San Produções e Eventos
A turma será acompanhada pela professora Manuela Andrade, mestre em Comunicação pela PPGC da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Ela trabalha com produção, direção, roteiro, pesquisa e educação na área de cinema há 10 anos e atualmente leciona no curso de produção audiovisual da Faculdade Metropolitana. Recentemente teve seu filme "Fantasia de Índio" contemplado na Mostra Sesc de Cinema.

As aulas, que seguem até o dia 24 de agosto, vão acontecer no Laboratório de Autoria Literária Luzinette Laporte, localizado na Rua Manoel Clemente, centro da cidade. A oficina será no turno da noite nos cinco dias, das 18h às 22h. A carga horária será de 20h/aula. O investimento para o público geral é R$ 26, enquanto os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo têm 50% de desconto e investem R$ 13, para os trabalhadores do comércio, é necessário levar ainda o cartão do Sesc atualizado.

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

PAULO CÂMARA SE DIZ “ARREPENDIDO” SOBRE O IMPEACHMENT DE DILMA “NO CONTEXTO HISTÓRICO”.


Paulo Câmara: 'Tanto Dilma quanto Temer deveriam ter saído do govwerno".

O discurso de apoio ao ex-presidente Lula defendido pelo governador e candidato à reeleição ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB), durante sabatina a uma rádio da capital, nesta quinta-feira (16), contrastou com sua posição em relação ao processo de deposição da presidente Dilma Rousseff. Assunto bastante utilizado pelos adversários foi a atitude do governador em liberar seus secretários em 2016, para votarem a favor do impeachment

Ele explicou que a posição do PSB na época era a de que tanto Dilma quanto Michel Temer deveriam sair do governo, abrindo espaço para novas eleições presidenciais. O socialista acabou admitindo que talvez essa tenha sido uma decisão equivocada. “No contexto histórico, me arrependo sim”, confessou.

Paulo Câmara atribuiu como causa do baixo investimento em diversas áreas, a exemplo da infraestrutura e da saúde, a falta de acesso a crédito imposta pelo Governo Federal, sobretudo com a criação de novas regras para financiamentos do BNDES.Pernambuco é um dos estados menos endividados da União, nunca deixou de pagar, cumpre todos os requisitos e tem projetos. Nós sempre fizemos investimentos em Pernambuco com recursos de operação de crédito. Quando tivemos restrição ao crédito ficamos muito dependentes na capacidade de investimento. Esse governo persegue Pernambuco. Criam dificuldades e novas regras pra beneficiar apenas quem eles querem. É um governo sem compromisso com o Nordeste”, afirmou.

Paulo Câmara lembrou de obras importantes que deixaram de receber recursos do Governo Federal, como a adutora do Agreste. Sobre não ter cumprido a promessa que fez nas eleições de 2014 de construir quatro novos hospitais, voltou a atribuir culpa ao subfinanciamento imposto pela gestão do SUS no governo Temer e também à crise econômica. “Essa forma de governar que Temer implantou não faz bem ao Brasil. Precisamos saber o que fez bem ao nordeste, por isso apoiamos o presidente Lula”, disse.

Folhape