sábado, 21 de outubro de 2017

GOVERNO DE SÃO BENTO DO UNA ENTREGA NOVO VEÍCULO PARA A SEGURANÇA MUNICIPAL

Veículo recém adquirido pela Prefeitura de São Bento do Una já passou a
atender a segurança dentro do município.
Apesar da segurança ser dever do Estado, alguns governos municipais estão tomando suas medidas para minimizar os nefastos efeitos da criminalidade  e dando respostas à população.

O Governo de São Bento do Una é um bom exemplo dessa preocupação e dos investimentos em equipamentos e estruturas para ampliar a defesa da sociedade. 
Como resposta de Governo, a prefeitura gerida pela socialista Débora Almeida entregou na tarde desse sábado (21) uma moderna e bem equipada viatura  para utilização pela equipe do ROMU (Ronda Municipal de São Bento do Una), que trabalha em parceria com a Polícia Militar de Pernambuco dando apoio em ações.

O veículo (foto acima) é uma caminonete Mitsubishi, e servirá para conduzir as equipes  de segurança municipais para as ações ostensivas. Anteriormente o veículo utilizado era menor e com uma autonomia insuficiente para percorrer toda a extensão territorial, urbana e rural de São Bento do Una. 

Falando para a sua população, no discurso durante entrega do patrimônio público à soceidade, e perante efetivo policial, a Prefeita Débora criticou parlamentares de oposição no municipio que, segundo ela, votaram contra projetos que melhorariam as condições do combate à criminalidade dentro do munícipio.

APÓS ENTREGA, NOVA VIATURA JÁ PARTICIPOU DE AÇÃO BEM SUCEDIDA


Na mesma tarde da entrega da nova viatura, a ROMU conseguiu deter 03 homens suspeitos de praticarem roubos naquele município. 
Coincidentemente a rápida ação serviu para demonstrar de forma efetiva a eficiência da parceria, agora com um novo equipamento. 

Mas, segundo a prefeita, é importante que as denúncias e a realização de Boletim de Ocorrência sejam feitos.

Com informações da ASCOM/São Bento do Una

MISTER M ESTÁ COM CÂNCER TERMINAL E PEDE AJUDA PARA TRATAMENTO

Personagem Mister M ficou famoso no Brasil -   Foto site  Metrópole 




Val Valentino se tornou um dos mágicos mais famosos do Brasil ao aparecer atrás da marca Mister M e ter um quadro no “Fantástico” — sempre com a locução de Cid Moreira. Na atração, o mago era responsável por revelar os segredos dos ilusionistas, o que provocou a ira de muitos deles.
Hoje, com 61 anos, Mister M foi alertado pelos médicos que tem apenas mais um ano de vida, pois luta contra um câncer de próstata terminal. Val abriu uma vaquinha on-line para arrecadar dinheiro, pois precisa comprar medicamentos e fazer uma cirurgia, tudo isso ao custo de R$ 45 mil.
No programa “Balanço Geral”, da Record TV, Mister M falou de sua condição. “Nos últimos cinco anos, eu tive sérios problemas de saúde, e por três anos passei por vários médicos. Eles não conseguiam descobrir o que estava errado. Dois anos atrás, eu fui diagnosticado com algo muito ruim na próstata, não vou falar o nome. O urologista que descobriu me disse que eu teria menos de um ano e que eu teria que ser operado ou estaria morto”, contou.
A única coisa que ele poderia fazer era a cirurgia, quimioterapia, radioterapia, e eu não queria fazer isso. Então perguntei quanto tempo eu teria. Seria um ano. E fui embora do consultório. Não tomei a medicação que ele gostaria que eu tomasse por causa dos efeitos colaterais, que eram terríveis”, completou.
Apesar de todas as economias, Val não tem condições de pagar por tudo. Por isso, ele está fazendo um crowdfunding para arrecadar dinheiro. O mágico teve a ajuda da Associação dos Canais Comunitários do Estado de São Paulo (ACESP). Na reportagem, Mister M não quis mostrar o rosto porque está “muito magro” e “envelhecido. Os médicos querem que eu ganhe peso, mas eu não consigo. Mas estou me esforçando e vou ficar bem em breve”, disse.

ENCONTRO COM DEPUTADOS EM BRASÍLIA, PROTAGONIZOU EPISÓDIOS DE INDIGNAÇÃO DE PREFEITOS PERNAMBUCANOS

Anexo IV da Câmara, foi pequeno para movimento.
A reportagem do programa e blog ‘Falando com o Agreste’, que participou da cobertura jornalística no encontro dos gestores pernambucanos, realizado na última Quarta feira (18) no anexo IV da Câmara dos Deputados em Brasília, ouviu diversos prefeitos da região e também presenciou o inconformismo, a luta e os momentos de desabafo dos prefeitos na busca da obtenção das suas demandas. 
Os gestores buscaram na agenda, chamar a atenção do governo federal para a pauta municipalista.

Izaías Régis (PTB), prefeito de Garanhuns, cobrou efetividade nas
respostas da União aos municípios.
Foto/reprodução: Falando com o Agreste
Dentre os filiados à AMUPE - Associação Municipalista de Pernambuco -, cerca de 80, (a grande maioria do interior do estado), estiveram participando de uma conversa frente à frente com diversos deputados federais convidados para o evento. 
Entre estes, se destacaram os prefeitos de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), que falou sobre as dificuldades em converter as demandas nos ministérios em ações efetivas. Apesar de Garanhuns ter uma maior arrecadação que muitos municípios do Agreste, isso não impede o município de estar sofrendo com a grave crise, que impossibilita investimentos e juntamente com o bloqueio de cerca de 8 milhões de reais do município, a governabilidade se torna ainda mais difícil. 

Débora Almeida (PSB), prefeita de São Bento do Una.
perguntou se os deputados eram municipalistas.
Foto reprodução: Marcelo Jorge/Falando com o Agreste
A Prefeita de São Bento do Una, Débora Almeida (PSB), chegou a inquirir os deputados presentes acerca do posicionamento municipalista destes e o grau de compromisso dos parlamentares com suas bases eleitorais.

A gestora narrou para a base parlamentar pernambucana que as prefeituras estão assumindo grandes responsabilidades junto às suas populações, principalmente frente às políticas socias de saúde e educação e as contrapartidas da união a cada período são mais escassas.

Rossine Blésmany (PSD), prefeito de Lajedo. Retrato da indignação
dos prefeitos - Foto: Divulgação
Já o prefeito de Lajedo, Rossine Blésmany (PSD), convidado a usar da palavra na ocasião, foi breve, porém direto e objetivo na sua fala. De forma contundente, Blésmany desafiou os deputados presentes a tomarem uma posição ao lado dos prefeitos.
Segundo Rossine, “Os deputados precisam estar ao lado da gente por inteiro. Pela metade não serve. Se não defender os municípios, melhor não aparecer no próximo ano para pedir voto”. 

O prefeito foi apoiado por aplausos dos seus colegas presentes e criou por alguns segundos um silêncio constrangedor entre os parlamentares.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

NOVELA QUE NÃO ACABA NUNCA, FLAMENGO AGORA QUER A DIVISÃO DE TÍTULO DE 87 COM O SPORT

Flamengo entra com recurso no STF sobre título brasileiro de 1987
FOTO: SEBASTIÃO MARINHO / AG. O GLOBo
O departamento jurídico do Flamengo entrou, nesta quinta-feira, com embargos de declaração no Superior Tribunal Federal. O caso ainda é o do título brasileiro de 1987. O Rubro-Negro carioca quer a divisão da conquista daquele ano com o Sport.
A discussão se arrasta por anos. Em abril, por 3 votos a 1, ministros da 1ª turma do STF negaram recurso do Flamengo. A decisão tem pouca - ou nenhuma - chance de ser revertida. A notícia foi publicada pelo "Estado de S. Paulo".
Após a decisão da 1ª turma, o Sport, através do perfil oficial no Twitter, chegou a celebrar o fato de ser juridicamente o único campeão brasileiro de 1987. A resposta do Flamengo veio também através das redes sociais, com uma foto da equipe que venceu o Internacional na decisão do Módulo Verde da Copa União daquele ano.

INVESTINDO NA SAÚDE, GOVERNO DE SALOÁ INSTALA GERADOR NO HOSPITAL JOSINA GODOY

A palavra “Crise” que para alguns municípios vem sendo sinônimo de paralisação de atividades e inércia do poder publico municipal, vem se traduzindo no município de Saloá, como “estímulo para o trabalho”.

Recentemente, na Unidade Mista local, denominada Josina Godoy foi instalado um gerador (imagem ao lado) que vai favorecer e facilitar as atividades desenvolvidas naquela unidade de saúde. Acaso venha a faltar energia, o gerador será ativado automaticamente e com autonomia suficiente para várias horas, o que vaibilizará os atendimentos sem interrupção. Segundo a gestão, o investimento é mais um avanço para o bem estar dos munícipes.

A gestão também conta com o plano de gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde, a Brascom Gestão Ambiental, uma empresa que recolhe os resíduos da unidade e os leva para o tratamento necessário, objetivando a contaminação e riscos de infecções causadas pelo descaret irregular de material de Curativo, Seringas, Agulhas e outros resíduos. Esse material agora é acondicionado em tonéis fechados e recolhidos pela empresa citada.

A Central de Material Esterilizado está sendo ampliada e também é uma melhoria de grande valor para a unidade. O governo de Saloá recorda a população que  no seu ambulatório são ofertados ainda serviços de radiologia, nutricição,  fonoaudiólogia, psiquiatra, psicólogia, fisioterapia e pediatra, entre outros.


Com informações da ASCOM SALOÁ / Fotos: Fellipe Gomes

NOVA OPERAÇÃO DA LAVA JATO CUMPRE MANDADOS EM RECIFE E NO RIO

Foto : Reproduzido do site Tudo na Hora
Em nota, a PF informou que estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, um mandado de condução coercitiva e um mandado de prisão temporária. Estão sendo ainda realizadas três intimações determinadas pelo Juízo Federal com a imposição de outras medidas cautelares conforme estabelece os artigos 282 e 319 do Código de Processo Penal.
De acordo com as investigações, há indícios concretos de que um grupo de gerentes da Petrobrás uniram-se para beneficiar a Odebrecht em contratações com a petroleira, mediante o pagamento de valores de forma dissimulada em contas de empresas off-shores estabelecidas no exterior.
Os investigados responderão pela prática dos crimes de associação criminosa, corrupção e lavagem de dinheiro.
O investigado preso temporariamente será conduzido à carceragem da Polícia Federal em Curitiba/PR.
Em outro procedimento e atendendo também à determinação da 13ª Vara Federal de Curitiba/PR, a Polícia Federal deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva de réu condenado em ação penal.
Também neste caso o réu será conduzido à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba/PR.
Discriminação dos mandados:
RIO DE JANEIRO
3 mandados de busca e apreensão
1 mandado de condução coercitiva
1 mandado de prisão temporária
3 intimações de medidas alternativas
1 mandado de prisão preventiva (ação penal)
RECIFE
1 mandado de busca e apreensão
Fonte: Estadão